Eleições 2022: Bolsonaro, Doria e Ciro têm maior rejeição, diz pesquisa

Pesquisa FSB/BTG Pactual divulgada nesta segunda-feira (25/04) mostra que João Doria (PSDB) tem maior rejeição para as eleições presidenciais deste ano, em outubro. Ao todo, 63% dos entrevistados dizem que não votariam de jeito nenhum no governador de São Paulo no pleito. O “pódio” da rejeição também conta com o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), com 57%, seguido de Ciro Gomes (PDT), que tem 49%.

A lista segue com Lula (PT), que tem rejeição total de 45%; Eduardo Leite (PSDB), 38%; Felipe d’Ávila (Novo), 35%; e André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), ambos com 31%.
Já Ciro e Bolsonaro reaparecem entre os candidatos com mais eleitores fiéis. O ranking, contudo, é liderado por Lula, já que 34% afirmaram que seria o único candidato em quem votariam.

O petista é seguido no top 3 por Bolsonaro, com 26%,

A pesquisa quantitativa realizada pelo FSB Pesquisa aconteceu entre a última sexta-feira (22) e esse domingo (24). Ao todo, foram 2 mil entrevistados, via ligação telefônica.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais, e a confiança é de 95% para o cenário atual. O registro da pesquisa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é: BR-04676/2022.

Potencial de voto e rejeição, segundo pesquisa da FSB