Dono da dancinha polêmica, Vinicius não fica no Bahia em 2019

Em 2018, o meia foi artilheiro do clube, com 13 gols, ao lado de Edigar Junio e Zé Rafael

O meia Vinicius, que foi autor de uma dancinha polêmica em 2018, não permanecerá no Bahia em 2019. O jogador comentou em uma publicação do fotógrafo oficial do tricolor baiano dizendo que sentirá saudades. Procurada pela equipe de reportagem do Portal A TARDE, a assessoria do Esquadrão informou que o clube não irá se manifestar sobre o assunto.

O atleta foi contratado, junto ao Athlético Parananese, em 2017, Em 2018, o meia foi artilheiro do clube, com 13 gols, ao lado de Edigar Junio e Zé Rafael. Ao todo, Vinicius disputou 87 partidas com a camisa do Esquadrão e marcou 16 gols.

O Tricolor já renovou o contrato com o atacante Gilberto, que fica até dezembro de 2020, assim como oatacante Edigar Junio o volante Flávio. O Bahia também estendeu o contrato do volante Elton e o lateral Nino, que ficam até o fim de 2019. O comandante Enderson Moreira também permanece no Esquadrão até dezembro de 2019.