Congresso aprova R$ 18,9 bilhões em créditos para diversas áreas

Propostas seguem para sanção do presidente Michel Temer.

O Congresso Nacional aprovou, na última terça-feira (13), um total de R$ 18,9 bilhões em projetos de créditos orçamentários para diversas áreas, especialmente segurança pública. As verbas são destinadas ao sistema carcerário, combate ao criem, policiamento nas estradas, programas de apoio à criança e ao adolescente e preservação do patrimônio público.

O maior crédito aberto foi de R$ 9,86 bilhões para transferência a estados, Distrito Federal e municípios (R$ 8,4 bilhões de royalties, fundos de participação dos estados e municípios – FPE e FPM – e Fundeb) e para compensar a Previdência Social por perdas com a desoneração da folha de pagamentos (R$ 1,2 bilhão).Os projetos serão enviados para sanção presidencial.

Esses recursos vêm de concessões do setor público (R$ 1,23 bilhão) e de excesso de arrecadação (R$ 8,63 bilhões), dos quais R$ 4 bilhões de transferências constitucionais devidas pela União relativas ao Imposto sobre a Renda (IR) e sobre produtos industrializados (IPI) e R$ 4,6 bilhões de royalties do petróleo.

Segurança

Há ainda a garantia de repasse de R$ 435 milhões para ações em seis ministérios: Justiça, Segurança Pública, Direitos Humanos, Defesa, Cultura e Planejamento. Justiça e Segurança Pública receberão R$ 196,2 milhões que deverão ser aplicados no combate à criminalidade e R$ 15 milhões para o fortalecimento e modernização das instituições de segurança. Também estão previstos recursos para o policiamento das estradas, Polícia Rodoviária Federal e repressão ao tráfico de drogas.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA