NOVA BAHIA 2024

Com transporte colapsado, Bruno Reis decide disputar segundo mandato em Salvador

Alvo de críticas por não cumprir as metas prometidas no transporte público e por colocar Salvador uma das tarifas de ônibus mais caras do país, o prefeito Bruno Reis (União Brasil) lançará, nesta segunda-feira (2), sua pré-candidatura à reeleição, com a manutenção de Ana Paula Matos na vice.

Considerado hoje o principal problema da cidade, o transporte público é o grande desafio da gestão atual. Para evitar uma paralisação geral, com risco de ter contratos rompidos com os consórcios em 2023, Bruno teve que aprovar um subsídio de R$ 205 milhões para o setor. Além, o prefeito ainda aumentou a tarifa para R$ 5,20, maior entre as nove capitais do Nordeste e um dos maiores valores do país. Um novo aumento da passagem deve acontecer em 2025.

A promessa de entregar todos os ônibus com ar-condicionado, que já tinha sido feita por ACM Neto (União Brasil), também não foi cumprida. Para a emplacar o BRT, o prefeito retirou linhas que ligavam regiões periféricas ao centro comercial da cidade. Já parte dos ônibus entregues no período (2020-2024) foram comprados de outras cidades de segunda mão.

O BRT, que teve o primeiro trecho entregue em dezembro de 2020, também não emplacou. A promessa de que ligaria a Lapa à Rodoviária em 15 minutos não foi cumprida. Em abril deste ano, mais um trecho da obra foi inagurado, mas a ligação é apenas da Estação da Lapa para o Parque da Cidade.

“Uma das maiores obras de mobilidade realizadas em Salvador nos últimos tempos, o BRT vai fazer a ligação da Rodoviária até a Estação da Lapa, oferecendo um transporte de qualidade, eficiente, com a capacidade de transportar um número bem maior de passageiros, de forma mais rápida e segura, através de uma via expressa”, diz trecho do projeto no site do BRT.

A linha B5 do BRT, que seria responsável pela ligação Lapa x Rodoviária, segue sem previsão de entrega.

Bruno antecipou a sua pré-candidatura após Geraldo Júnior (MDB), que deve ser seu principal adversário nas urnas, marcar para esta quinta-feira (6) o lançamento do seu nome e provável escolhido para a vaga de vice. Ana Paula Matos também será novamente vice na chapa de Bruno.

Veja também

GOVERNO DA BAHIA