PIRAÍ DO NORTE

Com Spider no UFC Rio, Belfort deseja revanche apenas na “Liga das Lendas”

Peso-médio carioca acredita que novo duelo com Anderson Silva não faz sentido para última luta da carreira, mas não descarta realizar o confronto com regras diferentes.

Com-Spider-no-UFC-Rio-Belfort-deseja-revanche-apenas-na-Liga-das-Lendas Com Spider no UFC Rio, Belfort deseja revanche apenas na "Liga das Lendas"

Vitor Belfort e Anderson Silva se enfrentaram em fevereiro de 2011 (Foto: Divulgação/UFC)

Após ser nocauteado por Kelvin Gastelum no UFC Fortaleza, no último sábado, Vitor Belfort anunciou que possui mais um contrato com a organização e que desejaria fazer a última luta da carreira em sua cidade natal, na oitava passagem do Ultimate pelo Rio de Janeiro, dia 3 de junho. Entre os fãs, a ideia de uma revanche entre o “Fenômeno” e o Anderson Silva seria o desfecho ideal para um dos maiores nomes do esporte no mundo.

Porém, além do anúncio da luta entre Anderson Silva e Kelvin Gastelum no UFC Rio 8, a ideia de Vitor Belfort é que esse novo confronto contra o Spider só aconteça em novo formato, naquilo que o próprio Fenômeno vem chamando de “Liga das Lendas”. O lutador carioca explica os motivos de não se empolgar com uma revanche em sua despedida.

– Estamos vindo em momentos na carreira diferentes. Não tenho interesse nem que fosse no Brasil. Ele vem de quantas lutas sem vencer? Sete? (Nota: na verdade, Anderson Silva acumulou cinco lutas sem vitórias). A gente passou por uma fase difícil. Acho que vai chegando a idade, né? Mas não vejo essa luta acontecendo. Ela só rolaria na “Liga das Lendas” mesmo. Aí veria sentido – disse Vitor Belfort à “Ag. Fight”, citando um tipo de competição entre atletas aposentados, onde haveria luvas maiores e seria proibido golpes como cotoveladas, joelhadas.

Aos 39 anos e com três derrotas seguidas, o peso-médio carioca reconhece a dificuldade cada vez maior com a rotina de treinamentos, todo o processo de corte de peso e em duelar com a nova geração de atletas. No entanto, ainda com a chama pela luta acesa, Vitor Belfort explica como idealiza as regras para a possível “Liga das Lendas” e que, dessa maneira, os fãs poderiam ver novas edições de confrontos históricos no MMA.

–  Eu e o Anderson (lutando para valer) não tenho interesse nenhum. Acho que comercialmente é a luta que todo mundo quer ver, mas acho que, se tivesse uma categoria das lendas, teria algo que seria interessante nessa luta. Mas tirando isso eu não vejo como essa luta pode ser financeiramente interessante para os dois. Se houvesse uma categoria das lendas, eu poderia enfrentar o Anderson, assim como o Matt Hughes poderia enfrentar o BJ Penn, o Forrest Griffin fazer a revanche com o Stephan Bonnar e até mesmo o Renzo Gracie lutando com o Wallid Ismail. Os lutadores mais velhos merecem uma liga para eles. Porque eles querem lutar. Eu quero lutar. Mas não posso ficar lutando com uma garotada tão jovem – concluiu Belfort.

 

Fonte: Combate