Chance por cinturão embala revanche na luta principal do UFC em Fortaleza

Na mira do título peso galo, Assunção e Moraes se reencontram

O sonho de uma futura disputa de cinturão motiva os protagonistas do UFC Fight Night Fortaleza, neste sábado, no Centro de Formação Olímpica. Raphael Assunção e Marlon Moraes farão o duelo principal da noite, que poderá definir o próximo desafiante ao título na divisão peso pena. Será a revanche depois de confronto vencido por Assunção, por decisão dividida dos juízes, no UFC 212, em junho de 2017, no Rio de Janeiro.

O duelo mais importante do UFC em Fortaleza – primeiro evento do Ultimate Fighting Championship no Brasil em 2019 -, reúne os números 3 (Raphael Assunção)  e 4 (Marlon Moraes) no ranking peso pena, respectivamente. Os dois vêm de ótima sequência vitoriosa, sendo que o primeiro ganhou quatro seguidas e o segundo saiu com triunfo em três ocasiões consecutivas. 

Além da chance de disputar os cinco rounds da luta principal da noite em um evento no Brasil, Assunção, natural de Recife, e Moraes (nascido em Nova Friburgo-RJ) esperam manter o embalo e ganhar a sonhada oportunidade de title shot para enfrentar o campeão, que ainda é o norte-americano TJ Dillashaw. “É um grande prazer fazer a luta principal do UFC Fortaleza. Vou enfrentar um grande oponente e estou muito animado e otimista para tudo o que vai vir depois”, declarou Raphael Assunção, que projetou mais um confronto complicado diante do oponente. “Eu espero um melhor lutador do que o que enfrentei em 2017, pois eu estou em uma versão diferente e melhor também. O sonho (do cinturão) permanece. Espero que cada batalha – ainda mais essa agora -, me deixe mais próximo dele. É uma chance de mostrar meu trabalho e realizar um sonho”, acrescentou.

Marlon Moraes chegou ao UFC depois de conquistar o cinturão peso galo do World Series of Fighting (WSOF), em 2014, e defendê-lo por cinco vezes. A meta do fluminense é repetir a dose na principal organização de MMA. “Creio que a divisão será decidida sábado à noite, na minha luta contra o Raphael. É uma das categorias mais disputadas do UFC, e os brasileiros vivem momento muito bom”, avaliou. “Estou preparado para não ser surpreendido, impor o meu jogo e impressionar. Lutar no Brasil é sensacional, a realização de um sonho, a oportunidade de mostrar meu trabalho”, destacou. 

UFC Fight Night Fortaleza
Neste sábado, às 20h (de Brasília)

Centro de Formação Olímpica, Fortaleza
Card principal

Raphael Assunção x Marlon Moraes

José Aldo x Renato Moicano

Demian Maia x Lyman Good

Charles do Bronx x David Teymur

Johnny Walker x Justin Ledet

Livinha Souza x Sarah Frota
Card preliminar

Anthony Hernandez x Markus Maluko

Mara Romero Borella x Taila Santos

Thiago Pitbull x Max Griffin

Júnior Albini x Jairzinho Rozenstruik

Ricardo Carcacinha x Said Nurmagomedov

Magomed Bibulatov x Rogério Bontorin

Geraldo Espartano de Freitas x Felipe Cabocão

EDUARDO 'SNIPER' ROBSON