Ceará registra 3 ataques após atuação da Força Nacional

As polícias do Ceará montaram uma força-tarefa para tentar frear a onda de ataques no estado, que destruiu dezenas de ônibus, carros e prédios públicos desde quarta-feira (2). Com reforço da Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, foram registrados dois ataques na noite de sábado (5) em Fortaleza e um durante a madrugada deste domingo (6) em uma delegacia na cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana da capital. Em todo estado, chegou a 93 o número de ações criminosa desde o início da onda de violência. (veja a lista dos ataques no fim da matéria)

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, 103 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes desde quarta-feira. Desse total, 53 detenções ocorreram neste sábado, após a chegada da Força Nacional.

Na capital, foi registrado um ataque a um posto de observação da Guarda Municipal por volta de 19h deste sábado. Dois suspeitos em uma motocicleta passaram atirando contra o posto policial. Nenhum agente de segurança ficou ferido. Os criminosos incendiaram duas bombas de combustível e em duas salas do escritório de um posto de gasolina na rodovia BR-116, no Bairro Messejana. Já no interior, dois caminhões foram incendiados no pátio da Prefeitura de Barroquinha, norte do estado.

EDUARDO 'SNIPER' ROBSON