GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Bridgestone investe R$ 700 milhões em Camaçari e gera 420 postos de trabalho

Empresa fez aporte para ampliação da unidade na cidade; fábrica teve a capacidade ampliada em até 25%

Foto: Camila Souza/GOVBA

Mais R$ 700 milhões estão sendo investidos na Bahia pela Bridgestone. O aporte para a ampliação da unidade em Camaçari proporciona a criação de 420 novos postos de trabalho e amplia a capacidade da fábrica em até 25%. O governador Rui Costa e o presidente da Bridgestone Latin America, Fábio Fossen, assinaram o termo de compromisso na tarde desta quarta-feira (30), na sede da empresa na cidade.

O governador destacou que a Bahia é sempre elogiada pelos investidores pela qualidade da mão de obra e por ser um lugar e um bom ambiente de negócios. “A nossa visão é que um governo deve se comportar como um grande facilitador, atraindo de forma transparente os negócios e proporcionando as condições para ele se realizar. Esta conjunção de fatores é o que nos faz estar aqui comemorando algo que não é fácil”, disse Rui, que ressaltou que o Governo do Estado tem também investido em infraestrutura.

“Temos nos pautado por buscar investir na infraestrutura estadual, por estimular e ser um facilitador para atividade empresarial. Estamos buscando agora não somente um substituto para Ford, mas formatando um desenho para que o porto que era operado pela Ford possa ser um porto multifuncional que possa servir como um alavancador de novos investimentos”, completou.

Para Fábio Fossen, “a confiança que a Bahia passa para as sedes da empresa no Japão e nos Estados Unidos e o ambiente de negócio encontrado no estado são fantásticos. Isso faz com que nós, mesmo nesta situação de pandemia e de incerteza econômica no Brasil, possamos fazer um cheque de R$ 700 milhões e expandir essa fábrica”.

O presidente da Bridgestone Latin America acrescentou que a empresa já investiu cerca de R$ 1,2 bilhão na Bahia. “Depois da inauguração da fábrica, em 2007, fizemos uma ampliação em 30% da capacidade produtiva em 2016. Estamos anunciando aqui hoje uma segunda ampliação, entre 20 e 25% da nossa capacidade de produção. Seremos capazes de produzir mais de quatro milhões de pneus ao ano aqui na Bahia. É um investimento que a gente faz pensando no futuro”.

Segundo Fossen, a fábrica da Bahia é uma das mais bem vistas dentro do grupo. “A gente hoje se não é a melhor, está brigando para ser uma das melhores fábricas das Américas, inclusive entre as que estão localizadas no Canadá e nos Estados Unidos”.