Bombeiros seguem atuando no resgate às vítimas das chuvas no extremo sul pelo 4º dia

Gestantes e pessoas com comorbidades, em especial aquelas que fazem tratamento de hemodiálise, são prioridades no atendimento

Cerca de 80 militares do Corpo de Bombeiros atuam pelo quarto dia, sem interrupção, no resgate de vítimas das fortes chuvas, no Extremo Sul da Bahia. Comida, água e outros mantimentos também estão sendo levados para os moradores de 13 cidades.

Nas últimas horas os militares verificaram o estado da ponte, no município de Itamaraju e também duas ocorrências de desabamento em Várzea Alegre e Novo Prado. Gestantes e pessoas com comorbidades, em especial aquelas que fazem tratamento de hemodiálise, são prioridades no atendimento.

Em Jucuruçu, com ajuda da população, foram improvisados acessos para as viaturas distribuírem cestas básicas. “Seguimos ao lado da população nesse momento difícil. Permaneceremos com reforço do efetivo por tempo indeterminado”, garantiu o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Adson Marchesini.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os municípios afetados no extremo sul são: Eunápolis, Guaratinga, Itabela, Itamaraju, Itanhém, Jucuruçu, Medeiros Neto, Mucuri, Prado, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas e Vereda. No sul são: Mascote, Itacaré, Itabuna, Ilhéus, Canavieiras, Camacan e Belmonte. Em outras regiões, tem Apuarema, Conceição do Almeida, Caetanos, Encruzilhada, Ibicuí, Ipiaú, Itambé, Itaquara, Jequié e Macarani.