Bahia promete postura ousada para surpreender o líder Corinthians

O Corinthians lidera o Campeonato Brasileiro. Tem o segundo ataque mais positivo e a segunda defesa menos vazada. É o único invicto da competição.

Nada que assuste o ousado Bahia. Sem vencer ainda como visitante nesta edição da Série A, o Tricolor tenta a façanha justamente diante do Timão, em São Paulo, nesta quinta-feira, 22, às 19h30. E, se for quente a pista dada pelo meio-atacante Zé Rafael, a postura da equipe no Itaquerão será arrojada.

“Acho que a gente tem que apostar na marcação por pressão pra dificultar a saída de bola deles. Eles têm muita qualidade e a gente não pode dar espaço”, disse o jogador, antes de ponderar: “O Corinthians vive um bom momento, mas não tem feito atuações fantásticas. Se deixarem a gente crescer, a gente tem condição de vencer fora de casa”.

A pressão no início das jogadas do Corinthians seria um antídoto para o controle que o time treinado por Fábio Carille gosta de ter nas partidas. Nos cinco primeiros embates do campeonato, o Timão só teve mais posse de bola duas vezes. Nos últimos três jogos, por outro lado, manteve sempre o domínio, com pico de 57% no 3 a 2 sobre o São Paulo.

Apesar de tratar bem a redonda, o Alvinegro paulista é mais conhecido pela eficiente compactação defensiva, algo que Zé Rafael pode tentar superar com o talento individual. Segundo dados do site Footstats, ele havia iniciado a rodada com sete dribles corretos, sendo o líder do fundamento no Bahia e o quinto na competição. “Desde a base sou esse jogador agudo, que tenta quebrar a defesa adversária com dribles ou uma tabela. Quando se chega a uma determinada parte do campo, o drible às vezes é necessário”, argumenta o armador.

Zé também se destaca em outras estatísticas. Soma 18 finalizações (1º no time), três assistências (2º), 22 faltas sofridas (1º) e até aparece em fundamentos mais comuns para defensores: 22 desarmes completos (2º no time) e 20 faltas cometidas (1º).

“Tirando o número de faltas cometidas, que é típico de quem não sabe marcar da forma ideal, fico feliz com o desempenho nos outros. Mas não é motivo pra parar de trabalhar”, constata.

Lucas liberado

Depois de perder o volante Edson, com um problema no joelho, o técnico Jorginho pôde comemorar nesta quarta, 21, o reforço do zagueiro Lucas Fonseca, que se ausentou da última partida, contra o Palmeiras, por conta de uma pubalgia e vinha sem treinar pela mesma razão.

Além de Edson, o atacante Mendoza, por cláusula contratual no contrato com o Corinthians, também está fora. O meia Régis, curado de lesão muscular, volta, mas fica no banco. Do outro lado, o Timão contará com força máxima.

Corinthians x Bahia – 8ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Arena Corinthians, em Itaquera-SP

Quando: Quarta-feira, 21, às 19h30

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

Assistentes: Hélcio Araújo Neves e José Ricardo Guimarães Coimbra (trio do Pará)

Corinthians – Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.  Técnico:  Fábio Carille.

Bahia – Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Juninho e Vinícius (Régis); Zé Rafael, Allione e Edigar Junio. Técnico: Jorginho.

 

 

Programa Estado Solidário