Bahia passa à frente em número de parques eólicos

A produção da energia eólica está causando uma revolução no semiárido baiano porque onde antes não tinha nada passou a correr dinheiro pela força dos ventos.

A Bahia superou em abril deste ano o Rio Grande do Norte (RN) em matéria de parques eólicos instalados: tem 156, em 19 municípios, com investimento global de R$ 15,4 bilhões, contra 152. Segundo João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, o Rio Grande do Norte ainda lidera em potência instalada: produz 4.053 MW, contra 3.927 da Bahia. Mas também nesse campo, a ultrapassagem é mera questão de tempo:

– Eles têm apenas dois novos parques em construção, e nós temos 38, e muitos deles vão entrar em operação este ano.

Segundo Leão, a produção da energia eólica está causando uma revolução no semiárido baiano porque onde antes não tinha nada passou a correr dinheiro pela força dos ventos.