‘Ausência de Neto em debate é um desrespeito à democracia’, diz líder do PT Bahia

Assessoria do ex-prefeito disse que a ausência no debate da Band se dará em função de uma “extensa agenda de campanha

Foto: Divulgação / Ascom PT Bahia

Assim como o candidato Jerônimo Rodrigues (PT), o presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, criticou a ausência de ACM Neto (União Brasil) no debate da TV Band, marcado para o próximo domingo (7). O líder estadual da sigla afirmou que a desistência do ex-prefeito de Salvador no debate “é um desrespeito à democracia, aos demais candidatos e, sobretudo, ao eleitor baiano”.

Para Jerônimo Rodrigues, a desistência do adversário pode estar relacionada ao medo de trazer à tona uma capacidade de gestão “que só existe em propaganda”. “Talvez o ex-prefeito não consiga explicar no debate da TV onde aplicou os mais de meio bilhão arrecadados com o IPTU, principalmente agora que estamos mostrando que as grandes obras em Salvador foram feitas com recursos do Estado”, disse o ex-secretário da Educação.

Segundo a assessoria de comunicação do candidato do União Brasil, a ausência do ex-prefeito no encontro de postulantes se dará em função de uma “extensa agenda de campanha, assumida anteriormente na capital e no interior”.

Assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ACM Neto propôs a realização de debates em pool de veículos de comunicação. “Não vai dar para fazer debate todo dia. Impossível. Então, a priori, a minha disposição é participar, mas não sei se de todos. Isso vai ter que ser conciliado com a minha agenda. Se fossem duas datas, onde todos pudessem se juntar, aí era bem mais fácil porque a gente deixava previamente organizado”, disse em entrevista ao Jornal Tribuna da Bahia.

O debate na TV Band Bahia será o primeiro encontro entre os candidatos ao governo baiano. O evento será realizado às 21h, com transmissão simultânea pela Rádio Band News FM.