GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Amanda Nunes testa positivo para COVID-19 e está fora de luta contra Julianna Peña no UFC 265

Duelo, pelo cinturão dos galos, aconteceria no dia 7 de agosto; ideia do Ultimate é remarcar o combate após recuperação da brasileira

A. Nunes é considerada por muitos como a melhor lutadora de todos os tempos. Foto: Reprodução/Instagram

Amanda Nunes está fora do combate contra Julianna Peña, marcado para o UFC 265 do dia 7 de agosto, em Houston (EUA). A brasileira testou positivo para COVID-19 e foi forçada a abandonar o card, que marcaria sua sexta defesa de título na categoria dos galos (até 61,2kg.). A informação foi divulgada pela ‘ESPN’ norte-americana por meio do executivo do Ultimate, Hunter Campbell.

A ideia do Ultimate, agora, é aguardar a recuperação de Amanda Nunes para reagendar o duelo em outra oportunidade, ainda em 2021.

A ‘Leoa’ faria seu 25º compromisso como profissional e defenderia sua invencibilidade de 12 resultados positivos em sequência. Ela não sabe o que é perder desde setembro de 2014, quando foi batida por Cat Zingano. Apontada, por muitos, como a maior lutadora da história do esporte, Amanda é campeã na categoria desde 2016.

Por sua vez, Julianna tentaria ‘chocar o mundo’ em sua primeira oportunidade pelo título do Ultimate. A norte-americana, que ostenta um cartel de 10 vitórias e quatro derrotas, conquistou o direito de desafiar Amanda Nunes ao finalizar Sara McMann no UFC 257.

Com a saída do combate entre Amanda Nunes x Julianna Peña, a luta entre os brasileiros José Aldo e Pedro Munhoz deve ser a segunda mais importante da noite. O UFC 265 conta com a disputa de cinturão interino dos pesados (até 120,2kg.) Ciryl Gane e Derrick Lewis na luta principal.

Programa Estado Solidário