CAMPANHA COMBATE AO MOSQUITO EDES AEGYPTI

Amanda Nunes se vinga de Julianna Peña e reconquista cinturão dos galos

Amanda Nunes venceu Julianna Pena por decisão unânime dos juízes no UFC 277, em Dallas, no Texas, e exibe seus dois cinturões. 30/07/2022

Cerca de sete meses após ser derrotada por Julianna Peña e perder o cinturão do peso-galo (61 kg) do Ultimate, Amanda Nunes deu o troco na sua algoz. Na luta principal do UFC 277, em Dallas (EUA), a brasileira teve uma grande atuação e dominou sua rival por cinco rounds, para vencer o embate por decisão unânime dos jurados e recuperar seu título da categoria.

Com essa conquista, Amanda Nunes volta a ter dois cinturões no Ultimate. Além do peso-galo, a baiana também tem a cora do peso-pena (66 kg) da organização.

A luta

Bem mais cautelosa do que no primeiro encontro, Amanda Nunes explorava a mudança de base para confundir a adversária e teve sucesso em boa parte do primeiro round. A brasileira conectou bons golpes e balançou Peña em duas ocasiões. Na parte final da parcial, a americana se encontrou e desferiu bons diretos, mas sem conseguir virar o assalto.

Logo no início do segundo round, Amanda aproveitou a afobação de Peña e desferiu um cruzado de direita que levou à adversária ao chão. E não demorou muito para a baiana repetir a dose, com o golpe igual para conseguir seu segundo knockdown. No fim da parcial, Nunes comprovou sua dominância e, com um golpe de encontrou, derrubou a campeã pela terceira vez. No entanto, Peña mostrava muita resistência e não se entregava.

Ao contrário dos dois primeiros assaltos, que foram todos voltados para a parte em pé, o terceiro round foi todo no solo. Amanda Nunes logo travou uma investida de Julianna na luta agarrada e, na sequência, levou o embate para o solo. Nesta área, a brasileira trabalhou bem as cotoveladas e abriu um ferimento no rosto da oponente.

As duas protagonizavam uma verdadeira batalha dentro do octógono. No quarto round, Amanda não demorou para derrubar Julianna e ficar novamente por cima, trabalhando duros golpes. Mas a campeã, que estava com o rosto ensanguentado, mostrava um coração gigante e resistia, além de buscar algumas finalizações. A americana chegou a pegar uma chave de braço, mas a baiana escapou.

Ciente de sua vantagem no duelo, Amanda preferiu não se arriscar na parte em pé e levou o confronto para o solo, para fazer pressão na Peña por cima e atenta as investidas da campeã. Nos 30 segundos finais, Nunes encaixou um mata-leão e ficou perto de finalizar, mas a americana conseguiu novamente escapar, para a decisão ficar nas mãos dos jurados.

Amanda Nunes venceu Julianna Pena por decisão unânime dos juízes no UFC 277, em Dallas, no Texas. 30/07/2022
Imagem: Carmen Mandato/Getty Images

Confira os resultados do show:

Amanda Nunes venceu Julianna Peña por decisão unânime dos jurados;
Brandon Moreno venceu Kai Kara-France por TKO no 3R;
Sergei Pavlovich venceu Derrick Lewis por TKO no 1R;
Alexandre Pantoja finalizou Alex Perez no 1R;
Magomed Ankalaev venceu Anthony Smith por TKO no 2R;
Alex Morono venceu Matthew Semelsberger por decisão unânime dos jurados;
Drew Dober venceu Rafael Alves por KO no 3R;
Hamdy Abdelwahab venceu Don’Tale Mayes por decisão dividida dos jurados;
Drakkar Klose venceu Rafa Garcia por decisão unânime dos jurados;
Michael Morales venceu Adam Fugitt por KO no 3R;
Joselyne Edwards venceu Ji Yeon Kim por decisão dividida dos jurados;
Nicolae Negumereanu venceu Ihor Potieria por TKO no 2R;
Orion Cosce venceu Blood Diamond por decisão unânime dos jurados