Werdum elogia ‘Do Bronx’ e aposta no brasileiro contra Makhachev: “Vai finalizar”

Louis Grasse/PxImages

A luta entre Charles Oliveira e Islam Makhachev não está casada pelo UFC, mas mexe com a comunidade do MMA e já é uma das mais aguardadas para a temporada 2022. Os atletas estão em destaque no peso-leve (70 kg) da companhia e são fortes candidatos para a disputa do título vago da categoria. Como uma parcela dos lutadores opina sobre o hipotético duelo envolvendo a dupla, Fabrício Werdum também dá seu palpite.

O ex-campeão do UFC enalteceu a qualidade de Charles e Makhachev, porém se mostrou mais impressionado com a sequência do brasileiro. Vale destacar que ‘Do Bronx’ venceu 11 lutas seguidas, dominou Tony Ferguson, nocauteou Michel Chandler e finalizou Dustin Poirier e Justin Gaethje, enquanto o russo passou por dez oponentes de forma consecutiva, mas de menor expressão no MMA. De acordo com Werdum, um possível combate do paulista com o amigo de Khabib deve ser equilibrado, porém, assim como Gilbert ‘Durinho’, elege o especialista em jiu-jitsu como favorito por conta de sua confiança inabalável e versatilidade no octógono.

“Temos que dar os parabéns para o Charles, porque é um cara que está representando muito bem o nosso país. A energia dele, sempre digo que ele está com aura de campeão. Ele está bem, fez uma luta excelente agora, provou para todo mundo. O Makhachev é um lutador que veio com tudo, está muito bem, está com aura de campeão também. É um cara que está bem na luta, mas levo fé, por ser brasileiro também, claro. A torcida é 100% com o Charles. Acho que o Charles está em um momento assim, de ser o campeão atual por muito tempo, e vai finalizar o Makhachev”, analisou o ex-campeão do UFC, ao participar do podcast ‘Inteligência Ltda.’.

Atualmente, a possível luta entre Charles Oliveira e Islam Makhachev é uma das mais pedidas por parte dos fãs de MMA. ‘Do Bronx’ e o amigo e parceiro de treino de Khabib Nurmagomedov são dois dos principais nomes do peso-leve do UFC. O brasileiro, ex-campeão da categoria, é o líder do ranking dela. Já o russo é dono do quarto lugar na tabela de classificação e provoca o paulista de forma constante.