Vitória perde por 2 a 1 para o Remo na abertura da Série C

Leão só conseguiu balançar as redes no fim da partida

Foto: Reprodução / DAZN

O Vitória estreou na Série C do Brasileirão com uma derrota sofrida por 2 a 1 para o Remo, em Belém. Os gols foram marcados no início do primeiro tempo e no final da etapa complementar.

A próxima partida do Leão na Série C está marcada para o próximo sábado (16), contra o Floresta-CE, no Barradão.

O JOGO

A estreia rubro-negra na terceira divisão começou com um gol sofrido nos primeiros minutos. Em um gramado encharcado devido a fortes chuvas em Belém, Leonan aproveitou campo aberto e chutou forte, de longa distância. Lucas Arcanjo não conseguiu evitar o gol.

Após iniciar a competição levando gol aos dez minutos, o Vitória precisou se lançar ao ataque de forma mais intensa do que era planejado no começo do jogo.

Porém, com um gramado alagado, as dificuldades se tornavam ainda maiores para criar jogadas. Consequentemente, eram raras as chances de gol para qualquer um dos lados.

O Vitória chegou a levar perigo em um chute de Alemão, que encontrou bola solta após rebote e finalizou para fora.

SEGUNDO TEMPO

Na volta para o segundo tempo, o gramado do estádio Baenão seguia bastante molhado, mas a bola já conseguia correr melhor do que na primeira etapa.

Ainda assim com dificuldades para furar a defesa paraense, o Vitória tentou um chute de longa distância, com Eduardo, mas parou em uma fácil defesa do goleiro.

Insatisfeito com a atuação de sua equipe, Geninho apostou na entrada de Luidy, substituindo Salomão, como tentativa de reoxigenar o setor ofensivo e tentar investidas pelo lado esquerdo.

Já o Remo, também tentando aproveitando o gramado em melhor estado, apostava em jogadas pelas pontas e tinha Felipe Gedoz em campo. Foi justamente o ex-Vitória quem quase fez o segundo gol, aos 24 minutos.

Por sua vez, o Leão pouco incomodava o gol da equipe paraense. Tanto por não conseguir se infiltrar na defesa adversária, como também por desperdiçar as poucas chances criadas, como em uma cobrança de falta medonha feita por Eduardo. O mesmo camisa 8 tentava encontrar um chute de fora da área, mas seguia errando.

Na reta final, a partida ganhou em intensidade no ataque. Aos 27 minutos, Arcanjo fez grande defesa em cabeçada de Brenner. Pouco tempo depois, o Leão passou a pressionar em busca do empate.

Aos 29 minutos, Luidy aproveitou bola na área e chutou para boa defesa do goleiro adversário. Já no minuto seguinte, o arqueiro Vinícius fez mais duas belas intervenções em finalizações de Ewerton Páscoa e Eduardo.

Em resposta às investidas agressivas do Leão da Barra, o Remo chegou perto de ampliar o placar mais uma vez com Brenner. A defesa livrou o time do gol.

A situação se tornou ainda pior para o Leão após os 40 minutos do segundo tempo, quando a arbitragem marcou pênalti cometido por Iury no atacante Netto. Brenner cobrou e ampliou o placar.

O Vitória ainda diminuiu o placar com gol marcado por Alisson Santos, aproveitando um chute errado do volante João Pedro, balançando as redes pela primeira vez como profissional.

EU VÍI A EDUCAÇÃO GANHAR UM INVESTIMENTO RECORDE