UFC 269: Do Bronx e Amanda defendem títulos em noite com oito brasileiros no card

Charles do Bronx coloca em jogo cinturão peso-leve contra Dustin Poirier na luta principal, enquanto a Leoa enfrentará Julianna Peña pelo título dos galos

Foto: Jeff Bottari/Getty Images

O UFC 269 é o último evento numerado do ano e a organização caprichou no card ao colocar dois cinturões em jogo. Pelo título dos leves, Charles do Bronx sobe ao octógono pela primeira vez como campeão para encarar o desafiante Dustin Poirier, que vem de duas vitórias sobre Conor McGregor. Já Amanda Nunes vai tentar manter seu reinado na divisão dos galos ao enfrentar Julianna Peña. Além dos campeões, o Brasil terá ainda mais seis representantes no evento.

Charles do Bronx x Dustin Poirier — Foto: Jeff Bottari/Getty Images
Charles do Bronx x Dustin Poirier — Foto: Jeff Bottari/Getty Images

Do Bronx defende título pela primeira vez

Charles do Bronx conquistou o cinturão dos leves em maio ao nocautear Michael Chandler, emendando a nona vitória consecutiva de sua carreira. Neste sábado, ele coloca seu título em jogo pela primeira vez, ao enfrentar Dustin Poirier, primeiro colocado no ranking dos leves da organização.

Em entrevista exclusiva ao Combate, Charles contou como espera sair vitorioso esta noite.

– Eu visualizo muito um nocaute meu. Ele é um cara duríssimo, mas acredito muito no poder de nocaute das minhas mãos. Treinamos muito a luta em pé, e acho que essa luta não vai chegar ao fim do quinto round. Ela vai ser decidida no começo dos rounds. Acredito muito no nocaute. Ele é um cara duríssimo, merece todo o respeito do mundo. Vende luta do mesmo jeito que eu, com humildade e respeito. Eu não vim brincar, vim defender o que é meu e levar o cinturão pro Brasil e pra favela. Não me preocupo com o que o Dustin pode trazer pra luta, mas sim o que nós podemos levar pra lá. Com certeza vai ser uma guerra.

Poirier, assim como o campeão, espera uma luta dura, e pregou respeito ao seu oponente.

– Eu acompanhei todo o camp dele e vi o que as pessoas falaram. Ele é muito perigoso. Ninguém é campeão mundial e nem é recordista de finalizações do UFC por acaso. Não é qualquer um que está no UFC por mais de dez anos e ainda é jovem. Sem dúvida nenhuma é um dos caras mais duros que eu terei enfrentado. Tem joelhadas perigosas, mãos pesadas. Charles nocauteou um campeão mundial em sua última luta. Não preciso dizer muito mais. Eu e ele somos finalizadores de lutas, e é certo que os dois se machucarão e alguém sairá nocauteado ou finalizado. Duvido que a luta dure 25 minutos. Acho que ela será disputada em um ritmo intenso, o que é perfeito para o último evento numerado do ano.

É melhor não piscar

Amanda Nunes é campeã e reina absoluta no UFC em duas categorias, no peso-galo e no peso-pena, e neste sábado ela coloca o cinturão até 61kg em jogo contra Julianna Peña. Com a confiança de quem vem de 12 vitórias seguidas, a Leoa contou o que podem esperar do seu duelo.

– Todo mundo sabe que tenho poder de nocaute muito grande e, se encontrar um buraquinho, com certeza nocauteio. Se encontrar falha no chão, posso finalizar. Não pisca o olho não. Galera do Brasil, fica ligada na televisão porque vou esperar o momento de ela cometer um erro e, com certeza, vou finalizar essa luta. Acho que quando fecha a porta do cage, todo mundo fica perigoso. Ela é uma atleta que não tem nada a perder, quem tem sou eu, ela virá pra cima com tudo. Tenho que estar bem preparada pra assimilar esses momentos, não entrar no jogo dela. É isso que ela quer fazer, vir pro “dirty boxing”, agarrar, que ela pensa na cabeça dela que é a forma que vai me ganhar, sendo que várias oponentes, como a amiga dela Miesha Tate, tem o mesmo estilo. Tenho experiência com esse tipo de lutadora, todo mundo vem pra me agarrar, mas eu venho do grappling. Elas estão pensando da forma errada. Julianna está pensando da mesma forma que todas as oponentes que ganhei – afirmou, ao Combate.

Amanda Nunes x Julianna Peña — Foto: Jeff Bottari/Getty Images
Amanda Nunes x Julianna Peña — Foto: Jeff Bottari/Getty Images

Campeã do reality “The Ultimate Fighter”, Julianna Peña chega esta noite ao grande momento de sua carreira, quando terá a oportunidade de desafiar Amanda, e ela se mostrou animada para o desafio.

– Sempre que você tiver a chance de derrotar a melhor de todos os tempos, isso é obviamente a cereja do bolo. Estou realmente pronta para me tornar a nova campeã mundial peso-galo. Estou pronta para ser um exemplo para mulheres jovens, para homens jovens, para que eles saibam que, mesmo vindos de uma pequena e minúscula garagem em Spokane, em Washington, você consegue. Você pode realizar seus sonhos. Estou pronta.

Brasil em peso no card

Além de Charles e Amanda, o Brasil contará com mais seis representantes no evento. Abrindo o card principal, Raulian Paiva irá enfrentar o polêmico Sean O’Malley pelo peso-galo.

Nas preliminares, também na divisão até 61kg, Pedro Munhoz encara mais um ex-campeão do evento. Desta vez ele irá enfrentar a lenda Dominick Cruz, considerado um dos grandes nomes da história da categoria.

Já o peso-pesado Augusto Sakai promete um duelo empolgante contra Tai Tuivasa, assim como Bruno Blindado, que enfrentará Jordan Wright pelo peso-médio.

Outro combate até 84kg terá a presença de André Sergipano. O brasileiro, que vem de vitória sobre Ronaldo Jacaré, lutará contra o experiente Eryk Anders. E, abrindo o evento, Priscila Pedrita, que não bateu o peso da divisão dos moscas e foi multada em 30% da sua bolsa, terá pela frente a canadense Gillian Robertson.

Serviço do UFC 269

Combate transmite o UFC 269 ao vivo e com exclusividade no próximo sábado a partir de 19h30 (horário de Brasília). No mesmo horário, SporTV 3 e Combate.com exibem o “Aquecimento Combate” e as duas primeiras lutas; o site acompanha o evento em Tempo Real.

UFC 269
11 de dezembro de 2021, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):
Peso-leve: Charles do Bronx x Dustin Poirier
Peso-galo: Amanda Nunes x Julianna Peña
Peso-meio-médio: Geoff Neal x Santiago Ponzinibbio
Peso-mosca: Kai Kara-France x Cody Garbrandt
Peso-galo: Raulian Paiva x Sean O’Malley
CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):
Peso-pena: Josh Emmett x Dan Ige
Peso-galo: Pedro Munhoz x Dominick Cruz
Peso-pesado: Augusto Sakai x Tai Tuivasa
Peso-médio: Jordan Wright x Bruno Blindado
Peso-médio: André Sergipano x Eryk Anders
Peso-mosca: Miranda Maverick x Erin Blanchfield
Peso-pena: Ryan Hall x Darrick Minner
Peso-galo: Randy Costa x Tony Kelley
Peso-mosca: Gillian Robertson x Priscila Pedrita

Fonte: Combate