Rui critica ações do MP para cancelamento de festas juninas

Foto: reprodução

O governador Rui Costa voltou a criticar pedidos do Ministério Público para cancelamento de festas juninas em cidades da Bahia. Nesta quarta-feira (15), ele afirmou que o MP não pode ser “adversário das tradições da Bahia” e orientou que prefeitos de cidade que tiverem os festejos juninos cancelados após ação da promotoria recorram da decisão.

Eu peço que os municípios entrem com recurso. Estou estranhando essa onda. O Ministério Público, o promotor, não pode ser adversário da cultura. Não pode ser adversário das tradições da Bahia. Uma coisa é discutir pontualmente se há excesso de um valor de uma banda, de um cantor contratado. Aí não discuto. Se há excesso de um município de receita pequena contratando um artista com cachê muito alto. Aí cabe uma ação do Ministério Público. Agora pedir pra cancelar festa junina? Me desculpe, não consigo entender”, afirmou o governador.

Na terça-feira (14), a Justiça determinou o cancelamento dos festejos juninos na cidade de Wenceslau Guimarães, na região sul do estado, após pedido do MP. A decisão destaca que a prefeitura não demonstrou de onde viriam os recursos para o evento e também que a cidade ainda depende de dinheiro o Governo Federal para realização de obras de infraestrutura após as fortes chuvas no fim do ano passado.