Renato Moicano brilha, finaliza Alexander Hernandez e confirma bom momento no peso leve no UFC 271

Brasileiro mostra evolução e bate oponente, a seu melhor estilo, bate adversário perigoso no segundo round

R. Moicano encaixa mata-leão em A. Hernandez no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Voltou a dar aula. Em novo momento no peso leve (até 70,3kg.) do Ultimate, Renato Moicano mostrou evolução e confirmou a boa fase na categoria. Adversário de Alexander Hernandez no UFC 271, realizado neste sábado (12), em Houston (EUA), o brasileiro foi melhor em todas as áreas, mas usou sua principal característica para vencer. Após vantagem no primeiro round, o tupiniquim finalizou o oponente com um mata-leão na segunda etapa.

Com a vitória, Moicano chega à sua segunda vitória consecutiva na categoria liderada por Charles do Bronx. Agora, o atleta soma quatro apresentações no grupo, com três triunfos e um tropeço.

Derrotado por Renato, Hernandez segue instável no peso leve. O atleta, agora, soma três resultados negativos nas últimas cinco lutas.

Em entrevista depois do triunfo, Moicano pediu um dos bônus de ‘Performance da Noite’. O combatente deixou o octógono aplaudido pelo público presente no Toyota Center.

A luta
O confronto começou com Moicano tomando a iniciativa com um chute baixo. O brasileiro seguiu agressivo e conectou um direto no rosto do adversário, que respondeu na mesma moeda. O confronto era tenso, com os leves trocando golpes no centro do octógono. Passado pouco mais de um minuto, Renato tentou colocar o jiu-jitsu em jogo, mas o rival se defendeu bem. Na metade do assalto, o tupiniquim encurtou e conseguiu derrubar o oponente. Perto do minuto final, Alexander fez força e conseguiu ficar de pé. Para tirar a desvantagem, o norte-americano passou a pressionar Moicano com jabs na longa distância. A etapa acabou com os atletas se estudando no centro do octógono.

No segundo round, Renato desequilibrou o oponente com um cruzado logo nos segundos iniciais. O brasileiro continuava mais agressivo e pontuava com combinações de socos e chutes. Passado pouco mais de um minuto, Moicano voltou a desequilibrar o oponente. O atleta se aproveitou do bom momento, chegou às costas do rival, e, ao seu melhor estilo, encaixou o mata-leão e obrigou o adversário a bater em desistência.