NOVA BAHIA 2024

Projeto Inovador do Senador Angelo Coronel Propõe Renovação na Região Cacaueira da Bahia

O senador Ângelo Coronel (PSD-BA) surpreendeu ao apresentar um Projeto de Lei inovador, intitulado Renova Cacau, que busca extinguir as dívidas acumuladas pelos produtores de cacau na Bahia. Essa iniciativa visa apoiar aqueles que enfrentaram dificuldades financeiras devido ao combate à doença da vassoura de bruxa nas plantações da região durante os anos 1980.

O Renova Cacau, se aprovado, instituirá o Novo Programa de Reestruturação da Região Cacaueira da Bahia, proporcionando uma oportunidade única para os produtores que ainda enfrentam as consequências do endividamento ocorrido décadas atrás.

No histórico do projeto, o senador destaca que, embora tenha sido lançado um programa de recuperação na época, as opções técnicas e tecnológicas disponíveis não resolveram efetivamente o problema, resultando em uma carga financeira significativa para os agricultores. As dívidas, de acordo com Coronel, variam entre R$ 33,6 milhões e R$ 87 milhões, valores que ele classifica como impagáveis.

“Não adianta ficar aquele passivo ali num banco, que (o produtor) não tem como pagar, são dívidas antigas; então é melhor a gente fazer a remissão dessas dívidas e que o agricultor possa chegar no banco, contrair um novo empréstimo para fomentar o crescimento da lavoura cacaueira naquela região (sul) da Bahia, principalmente”, destaca o senador.

O projeto propõe que o Ministério da Agricultura desempenhe um papel crucial no fomento do setor, por meio de investimentos em tecnologia e fortalecimento dos órgãos técnicos, como a CEPLAC. Além disso, enfatiza a importância do diálogo constante entre o governo, os órgãos técnicos e os produtores de cacau para garantir um desenvolvimento sustentável da região.

Se aprovado, o Renova Cacau pode representar um marco importante na revitalização da economia cacaueira da Bahia, permitindo que os produtores superem o fardo de dívidas antigas e impulsionem o crescimento sustentável do setor.

Fonte:mercadodocacau

SIEL GUINCHOS

Veja também

GOVERNO DA BAHIA