GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Profinor investirá R$ 900 milhões em irrigação nos próximos quatro anos

Salvador (BA), 29 de abril de 2021 – O Programa de Fomento à Agricultura Irrigada do Nordeste (Profinor), estratégia idealizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pelo Banco do Nordeste (BNB), investirá, no período de 2021 a 2024, o total de R$ 900 milhões, especificamente em irrigação, buscará a regularização fundiária de 150 mil propriedades rurais e incentivará o incremento de 80 mil hectares irrigados e a reconversão de 8 mil hectares para sistemas mais modernos.

Essas metas do Profinor foram anunciadas, nesta quinta-feira, durante live de lançamento do programa, transmitida pelo canal do MAPA no YouTube, da qual participaram a ministra Tereza Cristina, o presidente do BNB, Romildo Rolim, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA), João Martins da Silva Júnior, autoridades e lideres classistas.

Para a ministra Tereza Cristina, “as terras abundantes e de qualidade do Nordeste, associadas à alta luminosidade da Região, são elementos positivos para o uso da ciência, da tecnologia e da irrigação no processo de desenvolvimento do Nordeste”. Segundo a ministra, “o Nordeste tem capacidade para se autoabastecer e ainda para exportar para outros países através do grande portão do Atlântico”.

Já o presidente do BNB, Romildo Rolim, destacou a importância do Profinor para o Nordeste e garantiu “o compromisso do Banco em tornar realidade o programa, eliminando os gargalos e encontrando as soluções para melhorar a eficiência e a produtividade dos produtores rurais, sobretudo levando o crédito para a ponta”.

O presidente da CNA, João Martins da Silva Júnior, por sua vez, disse que “o Profinor vem como uma luva, criando a possibilidade de a Região duplicar ou até mesmo triplicar a área irrigada, transformando a feição do Nordeste em uma área empreendedora e moderna”.

Mais inovação

O Nordeste, que produz 80% das frutas secas exportadas pelo país, concentra 26% da área irrigada do Brasil, razão pela qual o Profinor favorecerá soluções para expansão da área irrigada, promovendo orientação técnica aos produtores rurais. Incentivará, ainda, o emprego de tecnologias de irrigação, de práticas para o uso eficiente da água, a utilização de energias alternativas, oferecerá linhas de crédito diferenciadas e apoiará a regularização fundiária.

Na visão de Lusimar Ribeiro, produtor de uva no Perímetro Irrigado Maria Tereza, localizado em Petrolina (PE), “nossa região era muito pobre, não tinha financiamento, mas hoje a realidade é diferente. Por meio do Banco do Nordeste, por exemplo, um empréstimo me permitiu melhorar a infraestrutura de minha propriedade: adquiri trator, pulverizador, roçadeira e um galpãozinho”.

Ricardo Wagner, produtor rural que utiliza irrigação em Ipanguaçu, no Vale do Açu (RN), com 14 hectares de frutas irrigadas, defende que “temos de procurar inovação, como a irrigação, mantendo a grande esperança de manter nossos filhos na atividade”. Para ele, “a vez é do Nordeste, que tem potencial para ser uma das regiões mais importantes do Brasil e do mundo em produção de alimentos”.

O Profinor

O Profinor tem o objetivo geral de fortalecer a agricultura irrigada na Região com a implantação dos instrumentos da Política Nacional de Irrigação (Lei n.º 12.787/2013). Utilizará recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), oferecendo prazos mais longos e menores taxas, por meio de linhas de financiamento já existentes (FNE Irrigação, FNE Rural, FNE Aquipesca, FNE Verde, FNE Inovação, FNE Sol e FNE Água).