Produtores baianos temem chegada de praga que pode dizimar plantações inteiras de cacau

A possibilidade da chegada de um fungo às plantações de cacau preocupa produtores baianos. Segundo o Correio, a monilíase, como a praga é conhecida, foi confirmada na Bolívia e o estado do Acre, no Brasil, já emitiu sinais de alerta.

A situação da Bahia, por enquanto, é de atenção fitossanitária, e a qualquer momento pode ser decretado o estado de alerta, como afirmou Catarina Cotrim Mattos, coordenadora do Programa de Prevenção à Monilíase do Cacaueiro da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

Conforme especialistas, o fungo é propagado pelo vento e por pessoas que tiveram contato com o cacau afetado. Mesmo que as plantações com mais risco estejam no Norte, principalmente no Acre e no Pará, maior produtor nacional, a preocupação com os cacaueiros da Bahia aumenta. É nas indústrias de Ilhéus que se faz o beneficiamento de 96% do cacau produzido no Brasil. Catarina Mattos diz que caso não haja controle rigoroso, a monilíase pode dizimar toda a produção de cacau do estado. Em caso de defesa, as perdas podem girar em torno de 30%.

Fonte: BN
JIU JITSU FERNANDO MEIRA