Prefeituras têm até dia 13 para se cadastrar no mapeamento Bahia Estado de Locação da Funceb

(Foto ilustração)

Gestores municipais têm até 13 de maio para cadastrar suas localidades no Mapeamento dos Municípios – primeira ação do projeto Bahia Estado Locação, fruto da união entre as secretarias estaduais da Cultura (Secult) e de Turismo (Setur). O Mapeamento visa identificar serviços disponíveis nas cidades baianas, como o patrimônio histórico e cultural, e a diversidade de paisagens e biomas presentes nos territórios que são passíveis de interesse visual e imagético para os mais variados projetos na linguagem audiovisual. 

Coordenado pela Bahia Film Commission, unidade da Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado (Dimas/Funceb), o Mapeamento dos Municípios ocorre através de um formulário online que os gestores municipais preencherão com as informações institucionais, turísticas, artísticas e referentes às condições para receber uma produção audiovisual, além de imagens de suas locações disponíveis para filmagens nas cidades.

Como seguimento, a Bahia Film Commission cuidará do recebimento das informações e gerenciamento e organização para construção de um catálogo para publicação no site da Bahia Film Commission. O intuito final é demonstrar aos players e produtoras do mercado audiovisual, nacional e internacional, a organização da Bahia, buscando atrair produções audiovisuais para o estado, a fim de construir uma ação efetiva em conjunto entre as gestões de Turismo e Cultura estaduais e municipais.

Bahia Estado Locação – O projeto prevê um conjunto de ações que irão incentivar a cadeia do audiovisual com ações dos pontos de vista econômico e turístico, destacando para dentro e fora do estado o potencial da Bahia. O objetivo é atrair produções de fora do estado e colaborar na viabilização de produções baianas, dando o acesso a autorizações, parcerias, informações de infraestrutura dos municípios e locações em todo o estado. Para que estas possam ser utilizados por filmes, séries, videoclipes, dentre outros formatos audiovisuais de produção. Para movimentar a economia local, o projeto se compromete com a promoção do Catálogo de Municípios junto ao mercado audiovisual, através de estratégias de difusão e relacionamento com produtoras, streamings, canais de TV Paga, entre outros agentes da cadeia produtiva. (Ascom/Funceb)