GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Prefeitura de Cachoeira decreta lockdown para conter avanço do novo coronavírus

Fechamento total de todos os estabelecimentos comerciais, atividades essenciais e não-essenciais, ocorre no período de 26 de julho a 2 agosto

A prefeitura de Cachoeira anunciou nesta sexta-feira (17), medidas mais enérgicas para conter o avanço dos casos do novo coronavírus, na cidade histórica, localizada no recôncavo baiano. O decreto, publicado no Diário Oficial do Município desta sexta, determina o fechamento total de todos os estabelecimentos comerciais, atividades essenciais e não-essenciais, no período de 26 de julho a 2 agosto, o chamado lockdown.

O prefeito Tato Pereira (PSDB) informa que a decisão foi tomada em parceria com o Governo da Bahia, juntamente com a Prefeitura de São Félix, cidade vizinha que adota as mesmas medidas. Pereira lembra que mesmo com o endurecimento nas restrições, alguns serviços serão flexibilizados, como: abertura de farmácias, postos de combustíveis, funerárias, serviços de entregas de alimentos, gás, água mineral, bebidas.

Quem estiver nas vias públicas nesse período, deverá comprovar a necessidade da solicitação dos serviços permitidos. A fiscalização para o cumprimento das medidas restritivas fica por sob responsabilidade da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Cachoeira.

Antes do lockdown, atividades essenciais funcionarão com horário reduzido, entre 20 e 25 de julho

Antes do fechamento total, ficarão proibidas as atividades do comércio não essencial. Os estabelecimentos considerados essenciais poderão funcionar entre os dias 20 e 25 de julho, com horário reduzido, das 7h às 16h.

A prefeitura informou ainda que a Feira Livre, o Mercado Municipal e o Mercado do Peixe funcionarão nos dias 24 e 25 de julho, das 6h às 14h, apenas para a venda de produtos alimentícios.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde nesta sexta, Cachoeira havia registrado 131 casos de Covid-19, com 70 recuperados e quatro mortes.

Testagem

A prefeitura anunciou também que já foram comprados dois mil testes rápidos para serem realizados, após o período de lockdown, em familiares de infectados e em pessoas que moram em bairros e comunidades rurais com maior incidência de casos positivos de Covid-19.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia