“Posso até entender que ainda sou ‘desconhecido’, mas eu conheço a Bahia”, diz Jerônimo Rodrigues

Em entrevista, o pré-candidato a governador da Bahia pelo PT Jerônimo Rodrigues apresentou ampla experiência em gestão pública.

Responsável pela elaboração dos dois Programas de Governo Participativo (PGP) das duas gestões consideradas exitosas do governador Rui Costa (PT) na Bahia, o pré-candidato escolhido para suceder o atual chefe do Executivo baiano, Jerônimo Rodrigues (PT), apresentou, durante entrevista à Rádio Metrópole, nesta quarta-feira (14/04/2022), sua vasta experiência em gestão pública.

“[No PGP em 2014 e 2018] rodamos a Bahia inteira. Posso até entender que ainda sou um ‘desconhecido’, mas eu conheço a Bahia”, afirmou Jerônimo, ao lembrar que o governador Rui Costa é considerado o gestor que mais cumpriu compromissos de campanha em todo o Brasil.

“Durante a construção dos programas de governo, Rui dizia que não queria colocar propostas apenas como enfeite eleitoral. E quem monitora a execução do programa de governo é a imprensa, que reconhece que Rui foi o governador que mais executou os compromissos de campanha”, reforçou.

Além das experiências nas gestões petistas no estado, a última como secretário estadual da Educação, pasta responsável pela execução de R$ 3,5 bilhões para reformas de escolas estaduais e construção de novos complexos em todo o estado, Jerônimo Rodrigues também atuou como Secretário Nacional do Desenvolvimento Agrário, durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), e ainda na Secretaria de Planejamento da Bahia, no governo Jaques Wagner (PT).

“Eu tenho lado. Sou do time de Lula, de Rui e Wagner. Somos um grupo, com o senador Otto Alencar, agora com Geraldo Júnior, é com ele que nós vamos percorrer a Bahia”, disse o pré-candidato, que também foi secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia entre 2015 e 2019.