PIRAÍ DO NORTE

Parte do Brasil pode ter atingido imunidade coletiva contra o coronavírus, dizem pesquisadores

Alguns lugares do mundo, entre eles cidades e estados do Brasil, dão sinais de que podem ter alcançado a chamada imunidade coletiva ou de rebanho contra o coronavírus, dizem cientistas. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (21) pelo jornal O Globo. Essa imunidade é alcançada quando o vírus não consegue mais continuar a se propagar com força porque não há pessoas vulneráveis em número suficiente para sustentar uma epidemia. O número de casos diários caiu no Brasil e não voltou a crescer significativamente por mais de um mês.

A biomatemática portuguesa Gabriela Gomes, da Universidade de Strathclyde, na Escócia é a líder do grupo de epidemiologistas que desde março defende que o limiar da imunidade coletiva para o Sars-CoV-2 é de cerca de 20%. “A força da pandemia já está reduzida em algumas partes do mundo, como na Europa e em parte da China. Também em regiões dos EUA e do Brasil, onde cada estado deve ser pensado como um país”, diz Gabriela. Cientistas fazem a ressalva de que a imunidade coletiva é um indicador de tendência da pandemia, mas não deve orientar políticas de governo.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia