NOVA BAHIA 2024

Marinha dos EUA atuará no apoio às vítimas das chuvas no RS; veja como será a ‘operação de guerra’

Marinha do Brasil anunciou que, na próxima segunda-feira, 27, realizará uma “operação típica de guerra” em conjunto com a Marinha dos Estados Unidos para apoiar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

O navio USNS John Lenthall, da Marinha norte-americana, vai sair do porto do Rio de Janeiro com donativos e se deslocará para o Rio Grande do Sul, onde vai se encontrar na costa do Estado com o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico”, da Marinha brasileira, para realizar a transferência da carga em alto-mar por meio de helicópteros.

Operação militar de transferência de material entre navios das Marinhas do Brasil e dos EUA por meio de helicópteros é inédita Foto: Marinha do Brasil/Divulgação
Operação militar de transferência de material entre navios das Marinhas do Brasil e dos EUA por meio de helicópteros é inédita Foto: Marinha do Brasil/Divulgação© Fornecido por Estadão

Serão utilizadas aeronaves brasileiras e norte-americanas para transportar as doações do navio americano para o NAM “Atlântico”. Após receber toda a carga, a embarcação brasileira atracará em Rio Grande (RS) para desembarcar o material.

Segundo a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, mais de 2,3 milhões de pessoas em 469 dos 497 municípios gaúchos foram diretamente impactadas pelas enchentes, os deslizamentos e a chuva extrema. Ao menos 581,6 mil pessoas estão desalojadas (“morando de favor”, como mostrou o Estadão), enquanto 65,7 mil estão em abrigos. O balanço preliminar é de 163 mortes e 64 desaparecidos.

A Marinha brasileira já realizou o transporte de cerca de 400 toneladas de donativos, 130 mil litros de água potável, além de equipamentos para o Rio Grande do Sul. A Força também enviou ao Estado 11 helicópteros, 50 embarcações e 70 viaturas e instalou um Hospital de Campanha em Guaíba. Uma “Ambulancha” tem realizado o transporte de pacientes que precisam de atendimento médico.

Veja também

GOVERNO DA BAHIA