PIRAÍ DO NORTE

Mais de dez mil vagas foram fechadas e junho e busca por concursos públicos dispara


Cursos de preparação ocupam período de quarentena e ranking de acessos; cargos públicos devem multiplicar procura por recolocação no mercado

O Brasil fechou 10.984 vagas formais de trabalho em junho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os dados foram computados no dia 28, o que explica um aumento significativo pela procura por cursos preparatórios para concursos públicos, que devem recolocar boa parte das pessoas desempregadas no mercado de trabalho. Em abril, 902.841 postos foram fechados, em maio 350.303 vagas formais foram encerradas, de acordo com o Ministério da Economia. No âmbito dos concursos, outros dados levantados pela Conversion, consultoria de performance & SEO, apontam uma empresa que prepara concurseiros entre os 20 sites mais acessados até maio deste ano, seguido de uma outra empresa do mesmo segmento, inclusive a frente de grandes varejistas e e-commerce. Isso também reflete uma mudança no comportamento do consumidor.

O ranking, que indica os sites com maior número de acessos nesse período, utiliza dados da plataforma SimilarWeb para contabilização de número de visitantes. A Estratégia Concursos aparece com mais de 11 milhões de acessos no mês de maio. Para Ricardo Vale, Coordenador Pedagógico na empresa, o volume é resultado do recente aumento pela procura por editais de concursos públicos em aberto. “As provas estão previstas para acontecerem e muitas delas com a banca examinadora definida, ou seja, elas serão aplicadas assim que possível. São mais de 300 concursos com previsão até o próximo ano, que devem ocupar cargos muito antes das empresas privadas reempregarem essas pessoas”, explica.

No Distrito Federal, também há previsão para 600 vagas e mais 1200 para cadastro de reserva na Polícia Civil. Já existem datas remarcadas para realização de concursos públicos para setembro por algumas instituições. São elas: Guarda Municipal e Prefeitura de Eusébio – CE, Câmara de Guará – SP, Ipremu Uberlândia – MG, Prefeitura de São Gonçalo – RJ, Câmara de Rio Crespo – RO e Prefeitura de Araucária – PR. Acesse a lista completa .

De acordo com o Caged, o mês de junho registrou um aumento nas admissões, 24% a mais do que em maio. Mas, a média salarial ficou em torno de R﹩ 1.696,92, enquanto alguns dos concursos previstos pós-pandemia oferecem salários entre R﹩ 3.870,06 e R﹩ 10.311,32 para diversos níveis de escolaridade, do fundamental ao superior. “O salto na procura por cursos preparatórios reflete o interesse por uma recolocação mais estável no mercado, e utilizar o tempo estudando para isso é fundamental. É preciso estar pronto para quando a prova for agendada”, ressalta Vale. Os índices da empresa reforçam sua fala: nos concursos do TJ-PR e PC-ES, ambos em 2019, os primeiros colocados foram seus alunos. No ano anterior, 70, dos 250 aprovados para Delegado Civil em SP, realizaram o curso preparatório.

Fonte: Fala Criativa Comunicação

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia