Leão segue estratégia de Neto e afirma que não terá candidato a presidente: ‘não terei carimbo na testa’

O vice-governador João Leão (PP), pré-candidato ao Senado na chapa de ACM Neto (União Brasil), disse que não terá candidato à Presidência da República, após inicialmente dizer que apoiaria a candidatura de Lula ao Planalto, mesmo após o rompimento com o PT baiano. Em conversa com o deputado federal Marcelo Nilo (Republicanos), Leão resumiu: “Estou com Neto e acabou”. E complementou: “Não quero parecer que estou com Lula interessado nos votos de Lula, não quero ter o carimbo na testa de ninguém”. Leão salientou que o mesmo vale para dos demais presidenciáveis postos em cena.

As declarações de Leão foram feitas no programa que Nilo mantém nas redes sociais, o “Vamos que vamos”. No episódio transmitido na noite desta quarta-feira (6), o vice-governador disse que o cenário da disputa presidencial é incerto. “É um ponto de interrogação. O PT está errando muito”, comentou o pepista, que exemplificou a perda do apoio de Marília Arraes, em Pernambuco e a dele próprio, na Bahia. Nilo também entendeu ser um equívoco a declaração de Lula, pedindo que militantes fossem às casas de parlamentares para pressioná-los. Leão comentou: “de vez em quanto todos nós erramos”.

Prefeitos

Na conversa, o vice-governador também comentou sobre o apoio de prefeitos á chapa dele e de ACM Neto e provocou: “prefeitos do PSD estão vindo para nós agora”. Leão deve disputar a vaga no Senado contra Otto Alencar, pré-candidato à reeleição e presidente estadual do PSD. Otimista, Leão disse que deve ter pelo menos 90% dos prefeitos filiados ao seu partido apoiando-o e também a ACM Neto, a despeito das declarações de apoio de prefeitos do PP ao pré-candidato Jerônimo Rodrigues que são divulgadas por governistas e pelo PT.

Leão diz que a orientação é que os prefeitos acompanhem Rui Costa nas agendas pelo estado e garantam convênios para suas cidades. Ele estima que, a partir de agosto, quando as pesquisas demonstrarem ampla vantagem de ACM Neto na disputa, estes prefeitos voltarão. Então Nilo comentou que Rui só pagaria a primeira parcela desses convênios, ao que Leão retrucou: “se ele não pagar [as parcelas restantes], Neto vai pagar”.

Davi Lemos | Política Livre