Ipiaú: Vítimas de alagamentos interditam trecho urbano da BR-330 e reivindicam serviços da prefeitura

Moradores dos bairros Aparecida e Antônio Lourenço interditaram na manhã desse sábado (25), por volta das 09h30, um trecho urbano da BR-330, saída de Ipiaú sentido Jitaúna. O motivo do protesto, segundo uma moradora, são os constantes alagamentos provocados pela água da chuva que se acumula na pista e em consequência invade residências próximas.

“Toda vez que chove é assim, ficamos ilhados. Estamos cansados de receber visita de secretários da prefeitura e vereadores, e ninguém faz nada. Pedimos que de imediato a prefeitura possa fazer uma limpeza nas bocas de lobo para que a água possa ter como sair e não se acumular e invadir nossas casas”, comentou a moradora.

Os manifestantes, residentes em casas próximas a rodovia, estavam liberando a passagem apenas veículos da saúde.  Eles exigiam a presença de algum representante da prefeitura no local. No entanto, segundo um morador, nenhum servidor do município compareceu. Por conta do bloqueio da pista, dezenas de carros ficaram parados em ambos os lados da pista. Por volta das 11h, após a chegada da PM, o trecho da BR-330, foi desbloqueado. Uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal também se dirigiu ao local, chegando após o final do protesto.

Nota da Prefeitura

A Secretaria de Infraestrutura através da Secretária Andrea, e as outras secretarias do município de Ipiaú, informou que já estão trabalhando para atender a população da BR-330 / Antônio Lourenço. “Será feito uma abertura para escoamento da água acumulada pelas fortes chuvas que estão acontecendo em Ipiaú”, informa.

De acordo com a nota, as equipes de Infraestrutura e urbanismo estão atuando nos Pontos de alagamento: na entrada da cidade, próximo a polpa Eva. A prefeitura acionou a PRF e PM que atuam para organizar o trânsito. Uma  máquina também foi acionada para ir realizar serviços no local.

Fonte; Giro Ipiaú