Homem é preso após matar cachorro para comê-lo

Um homem foi preso neste final de semana após matar o seu cachorro de estimação chamado “Black” e tentar cozinhar para comê-lo. O suspeito foi surpreendido por policiais em casa depois de ser denunciado pelo próprio pai. O caso aconteceu em uma fazenda da cidade de Santa Rosa de Cabal, na Colômbia.

O suspeito, identificado como Johan Robert Espinosa Garcia, de acordo com a denúncia do seu familiar, já havia, na semana anterior, matado um outro cachorro de dois meses para comer.

Segundo informações do jornal El Tiempo, autoridades policiais encontraram Black, sem pele e sem duas de suas patas traseiras. O homem foi detido, mas um juiz decidiu por deixá-lo em liberdade. A pena para maus tratos animais na Colômbia é a detenção que pode variar entre 12 a 36 meses.

Em entrevista a outro veículo jornalístico colombiano, o RCN, Janeth Álvarez, diretora de bem estar animal de Santa Rosa de Cabal, o homem submeteu o cachorro a uma sessão de tortura. O animal foi morto com golpes na cabeça.

Ainda segundo ela, essa não é a primeira vez que Johan comete algo parecido. Além da denúncia do seu pai, de que na semana anterior ele matou um cão de dois meses, o homem já havia matado os gatos de estimação dos seus sobrinhos.