Guerra na Ucrânia: Putin pede para exército ucraniano derrubar presidente

“Tomem o poder em suas mãos. Acho que vai ser mais fácil negociar entre vocês e eu”, disse Putin

O presidente russo Vladimir Putin pediu nesta sexta-feira (25) ao exército ucraniano para “tomar o poder” em Kiev e derrubar o presidente Volodimir Zelenski e seu entorno, aos quais chamou de “neonazistas e viciados em drogas”.

“Tomem o poder em suas mãos. Acho que vai ser mais fácil negociar entre vocês e eu”, disse Putin ao exército ucraniano em um discurso na televisão russa.

O presidente russo afirmou que não combate unidades do exército e sim formações nacionalistas que se comportam “como terroristas” usando civis “como escudos humanos”, ao colocar suas armas em áreas civis.

“E querem acusar a Rússia de causar baixas entre a população civil”, acrescentou.

Putin também chamou o presidente Zelensky e seus ministros de “gangue de viciados em drogas e neonazistas, que se instalou em Kiev e está tomando todo o povo ucraniano como refém”.

Moscou descreve as autoridades ucranianas como “neonazistas” ou “junta” desde 2014, quando eclodiu uma guerra no leste da Ucrânia entre separatistas pró-Rússia e forças de Kiev, apesar de Zelensky ter origens judaicas.

Fonte: Exame