NOVA BAHIA 2024

Governo pode ampliar faixa do Minha Casa, Minha Vida para R$ 12 mil

Medida é uma resposta ao que Lula afirmou ser uma percepção da população de que só “quem é muito pobre ou muito rico” tem acesso a financiamentos para casa própria

Foto: TV Brasil

A Secretaria Nacional de Habitação, ligada ao Ministério das Cidades, negocia com a Caixa Econômica Federal e a Casa Civil a ampliação da faixa de renda das pessoas que tem direito a financiamentos do Minha Casa, Minha Vida. O anúncio aconteceu durante a live “Conversa com Presidente”, em que Lula recebeu o ministro Jader Filho. A informação é da coluna Radar, da revista Veja.

“Nós estamos em discussão neste momento dentro do Ministério das Cidades, da Secretaria Nacional de Habitação, nós estamos conversando com a Caixa, e nós estamos discutindo com eles para fazer uma faixa estendida até R$ 12 mil. Estamos discutindo com a Casa Civil para poder estabelecer uma faixa até R$ 12 mil ”, disse Jader Filho nesta terça-feira (7).

Segundo a publicação, a medida é uma resposta ao que Lula afirmou ser uma percepção da população de que só “quem é muito pobre ou muito rico” tem acesso a financiamentos para casa própria.

Atualmente, o Minha Casa, Minha Vida opera em três modalidades. Na faixa 1, para quem tem renda de até 2.640 reais; na faixa 2, para quem recebe até R$ 4,4 mil  e as famílias com renda de até R$ 8 mil são enquadradas na faixa 3. Os imóveis na faixa 1 e 2 tem teto de 264.000 reais e na faixa 3 de até R$ 350 mil.

Veja também

GOVERNO DA BAHIA