Executiva da Huawei é libertada no Canadá e voa para a China

A filha de Ren Zhengfei, o bilionário fundador da Huawei, embarcou com destino à cidade de Shenzhen, na China

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, voou para a China nesta sexta-feira (24) após chegar a um acordo com os Estados Unidos para suspender as acusações de fraude contra ela e encerrar um julgamento de extradição no Canadá que durava três anos. 

Meng, a filha de 49 anos de Ren Zhengfei, o bilionário fundador da Huawei, embarcou com destino à cidade de Shenzhen, logo após ser solta, informa o UOL.

A libertação ordenada pela presidente adjunta da Corte Suprema da Columbia Britânica, Heather Holmes, ocorreu depois que a defesa de Meng chegou a um acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos para adiar seu processo legal.

Programa Estado Solidário