Dillashaw confirma planos do UFC para peso mosca: ‘Me pagaram para matar a divisão’

Campeão dos galos desafiará Henry Cejudo pelo título dos moscas.

O duelo entre TJ Dillashaw e Henry Cejudo pode realmente dar o fim à categoria peso mosca do Ultimate Fighting Championship. O campeão dos galos revelou a intenção da organização de extinguir a divisão até 57kg, caso vença o detentor do título, Henry Cejudo, no UFC 233, em 19 de janeiro, em Anaheim, na Califórnia.

“O UFC quer se livrar da divisão. Eles me pagaram dinheiro para c****** para descer e matar a divisão e pegar meu segundo cinturão. É só lucro para mim. Se eu sou o campeão de duas divisões, para que manter o peso mosca? As atenções estariam no peso galo. Faça os lutadores que vão permanecer (no UFC)  subir de peso e me desafiar pelo cinturão”, disparou TJ, em entrevista ao podcast Ariel Helwani’s MMA Show.

Para Dillashaw, a decisão de descer para a categoria até 57 kg é justamente para não deixar dúvidas sobre a possível vitória sobre Henry Cejudo. “Já comecei o processo de descer de peso. Vai ser melhor desse jeito, porque não quero desculpas que sou o maior lutador. Acredito que temos o mesmo peso, pois sou um peso-galo pequeno. Mas vou descer de categoria e bater o peso. Vai dar um pouco de trabalho, mas estou empolgado com essa oportunidade. Vou expandir meu legado, conquistar o segundo cinturão e ser o último campeão do peso mosca”, projetou.

O UFC decidiu pela extinção do peso mosca após a transferência do ex-campeão Demetrious Johnson para o ONE FC – foi trocado pelo meio-médio Ben Askren. O ‘Mighty Mouse’ foi o primeiro campeão da história da categoria e defendeu o título onze vezes – recorde no Ultimate – até ser destronado por Henry Cejudo, em agosto deste ano.

 

Fonte: Combate

 

JIU JITSU FERNANDO MEIRA