Datafolha: rejeição a Jair Bolsonaro fica em 45% e a Haddad cai para 40%

A terceira mais rejeitada pelo eleitorado brasileiro é a candidata pela Rede, Marina Silva, que também apresentou queda, passando de 30% para 28%.

A pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quinta-feira (4) mostrou o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), com percentual fixo de rejeição entre o eleitorado brasileiro, mantendo os 45%.

Já o presidenciável Fernando Haddad (PT) apareceu com um ponto a menos de rejeição, declinando de 41% para 40%.

Marina Silva, da Rede, ficou com o terceiro lugar do ranking entre os mais rejeitados. Ela também apresentou queda, passando de 30% para 28%.

Geraldo Alckmin (PSDB) se mantém sendo rejeitado por 24% da população, seguido de Ciro Gomes (PDT), que caiu de 22% para 21%.

Na sequência, tecnicamente empatados, estão Henrique Meirelles do MDB (15%), Guilherme Boulos do PSOL (14%) e Cabo Daciolo do Patriota (14%). E Vera do PSTU (13%), Alvaro Dias  do Podemos(13%), Eymael do DC (12%), João Amoêdo do Novo (11%) e João Goulart Filho do PPL (11%).

JIU JITSU FERNANDO MEIRA