CARNAVAL 2024

Dana White contraria juízes, dá vitória a Strickland no UFC 297 e abre o jogo sobre possível revanche

O UFC 297, que aconteceu no último sábado (20/01) em Toronto, no Canadá, teve como evento principal a disputa do cinturão dos pesos médios (até 83,9kg.) entre Sean Strickland e Dricus Du Plessis. A luta foi intensa e equilibrada, terminando com uma decisão dividida dos juízes a favor do sul-africano, que se tornou o novo dono do título. No entanto, nem todos concordaram com o resultado, incluindo o presidente da organização, Dana White.

Em entrevista coletiva após o evento, White revelou que marcou a vitória para o norte-americano, que dominou os dois primeiros rounds com seu jab e mostrou resistência nos assaltos finais.

“Estava vendo como a mídia pontuou e foi bem equilibrado. Eu estava marcando 2 a 2 antes do último round e achei que Sean venceu o último. Mas outros caras que estavam na mesma mesa que eu escolheram Du Plessis. Foi uma luta muito parelha”, disse o dirigente.

Dana White abre o jogo sobre revanche

Apesar da polêmica, Dana descartou a possibilidade de uma revanche imediata entre os dois, alegando que há outros desafiantes na categoria.

“Eventualmente, esses dois acabarão lutando novamente, tenho certeza. Mas não estamos pensando em uma revanche imediata no momento”, finalizou.

O resultado foi acompanhado de questionamentos por parte dos fãs e imprensa especializada. Entre os jurados Derek Cleary, Eric Colon e Sal D’Amato, apenas o último marcou triunfo para o norte-americano (48-47, 48-47, 47-48).

Com a vitória, a categoria dos médios conhece seu quarto campeão nos últimos dois anos. Nas temporadas passadas, Israel Adesanya, Alex Poatan, Strickland e, agora, Du Plessis, vestiram o cinturão.

CARNAVAL 2024

Veja também

NOVA BAHIA