UFC 213

Consciência Negra é o tema da 2ª edição do chocolate filosófico

Em sua segunda edição, o Chocolate Filosófico vem recebendo apoio de várias instituições para a sua realização em neste ano.  Além dos já renomados professores e historiadores Mauricio Santana e Pedro do Braaroots, colaboradores desde a primeira edição, recebemos a parceria do DR. Durval Libanio Neto, do prefeito Leonardo Cardoso e da super equipe de secretários: Paterson, Daiana e Wendell Leite.

Nessa ocasião, teremos uma mesa redonda para discussão com os professores de História: Israel Leal, Pedro do Braaroots, Mauricio Santana além do Cantor e Compositor Tim Tim Gomes (pioneiro do Reggae Brasileiro e irmão do Cantor Edson Gomes) da Cidade de Cachoeira que é uma cidade forte e mística, a mais negra da Bahia.

Contaremos com as participações dos alunos da ESCOLA CULTURAL do CETEP Baixo-Sul, sob a responsabilidade da Professora Lindaura Bomfim,  Banda Braaroots e o Reggae desbravador de Tim Tim Gomes.

O evento será aberto ao publico e em especial aos estudantes para comemorar o mês da Consciência Negra, no Lago Azul, em frente à Escola Fábrica de Chocolate, às 16 horas, no dia 10 de novembro.

Desenvolver Consciência Negra é compreender a história da desterritorialização de negras e negros adultos – e também milhares de crianças – do continente Africano e sua inserção nos continentes americanos como mão de obra escravizada!

Desenvolver Consciência Negra, no Brasil, é respeitar a diversidade religiosa, não alimentando preconceito com relação a qualquer crença, ou não crença (como é o caso de ateus e agnósticos), e mais: não disseminar ódio ou violentar as casas de culto e adeptos das Religiões de Matrizes Africanas.

*(Rev. Israel Leal – Mestre em Teologia/ Licenciatura em História/ Bacharel em Direito).

 

Veja também