GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Casos de Covid-19 aumentam e organização não descarta cancelar Olimpíadas

O aumento dos casos de Covid-19 em Tóquio, incluindo trabalhadores e atletas hospedados na Vila Olímpica, pode resultar no cancelamento das Olimpíadas, cuja cerimônia de abertura está prevista para esta sexta-feira, 23.

Segundo o Comitê Organizador, 31 pessoas que chegaram ao Japão testaram positivo para o vírus. Entre atletas e trabalhadores nas delegações, 80 testaram positivo para o vírus.

Nesta terça, 20, o chefe do comitê organizador da Olimpíada de Tóquio, Toshiro Muto afirmou que o futuro é imprevisível e não há como saber quantas pessoas ainda irão contrair o vírus, então as discussões serão continuadas:

“Não podemos prever o que acontecerá com o número de casos do novo coronavírus. Por isso, continuaremos as discussões se houver um aumento de casos”, disse.

“Concordamos que, com base na situação do coronavírus, convocaremos as discussões novamente. Neste ponto, os casos de coronavírus podem aumentar ou diminuir, então vamos pensar sobre o que devemos fazer quando a situação surgir”, pontuou.

As Olimpíadas foram adiadas em um ano por causa da proliferação da Covid-19. Grandes patrocinadores já decidiram não comparecer à abertura e não veicular propaganda sobre o evento.