Câmara pretende apurar indícios de quebra de decoro parlamentar em Piraí do Norte

Sessão solene na Câmara Municipal de Piraí do Norte (Foto: reprodução)

O discurso de um vereador do município de Piraí do Norte, no baixo sul da Bahia, pode resultar em complicações. Pelo menos esse é o entendimento dos advogados que acompanharam a sessão da última terça-feira (3), transmitida ao vivo pela Câmara Municipal. O motivo seria o tom ofensivo do vereador Diego da Juliana dirigido contra seus colegas.

De acordo com os vereadores presentes na sessão, Diego da Juliana usou a tribuna para cobrar celeridade de uma pauta e de repente mudou o tom discurso passando a acusar seus colegas de estarem “debaixo dos pés” do prefeito. Uma postura classificada como desrespeitosa que ofendeu a todos e colocou em dúvida a credibilidade da casa legislativa.

A presidente da câmara Vereadora Arleque, assim como os demais edís Irmão Beto, Betinho do Caminhão, Zé Mirim, Zenom, Josiel, Elielson e Everson se manifestaram classificando as acusações como levianas, caluniosas e inadequadas para um vereador. “Essa casa merece respeito. A pessoa deve pensar antes de falar e não se justifica o que ele fez“.

Um dos advogados que assistiu o pronunciamento de Diego da Juliana também comentou: “Eu entendo que a imunidade parlamentar é uma das prerrogativas do vereador, mais o exercício do mandato deve ser feito com responsabilidade“, ressaltando que há elementos suficientes abertura de procedimento via Conselho de Ética para apurar a conduta do vereador. As penalidades por quebra de decoro vão desde suspensão até a perda do mandato.

O outro lado

O Ganduzão tentou contactar o vereador Diego da Juliana para se manifestar mais o número informado encontrava-se desligado ou fora da área de serviço. Fica o espaço para as considerações.

https://fb.watch/cOlTyv2agL/

EU VÍI A EDUCAÇÃO GANHAR UM INVESTIMENTO RECORDE