BC vai responsabilizar bancos usados para abrir contas laranjas

Medida tem intenção de proteger clientes de golpes do Pix

O Banco Central (BC) vai responsabilizar as instituições financeiras que tenham contas laranjas utilizadas por golpistas em nome de outras pessoas para cometer crimes. A afirmação foi dada pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, durante audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados. Segundo ele, a medida faz parte das ações para combater crimes bancários e financeiros, bem como garantir a segurança do Pix.

“Estamos apertando o máximo possível para que os bancos não tenham capacidade de ser hospedeiro de conta laranja ou intermediária. Inclusive, estamos começando a fazer um processo em que os bancos serão responsabilizados se for feita uma fraude de Pix e eles tiverem uma conta laranja”.

Para Campos Neto, o processo de digitalização dos sistemas financeiro e de pagamentos facilita a redução do número de fraudes. “É muito mais fácil fazer fraude não digital do que digital: consigo percorrer o caminho do dinheiro com eficiência”, argumentou.

Ele reforçou que o processo de combate às fraudes é longo, mas que o BC tem avançado no tema, principalmente ao começar a mapear as contas receptoras e pressionar os bancos usados para abrir contas falsas.

Na visão do chefe da autoridade monetária o aumento de fraudes com a abertura econômica e com o surgimento do Pix é importante, mas possível de ser endereçado.