PIRAÍ DO NORTE

Bahia perdeu mais de 17 mil postos de trabalho com carteira assinada em maio

Em todo o país, 331.901 vagas foram eliminadas; Salvador, Camaçari e Feira de Santana foram os municípios com maiores perdas

O mês de maio registrou o fechamento de 17.033 vagas de emprego com carteira assinada. O dado é da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), com base do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério da Economia.

Entre os municípios baianos, Salvador (- 4.129 postos celetistas), por Camaçari (-1.337 postos) e Feira de Santana (-1.300) tiveram as maiores perdas. Nos primeiros cinco meses, Salvador registrou perda acumulada de 18.676 posições celetistas. O município foi acompanhado principalmente por Porto Seguro (-6.238 postos) e Feira de Santana (-4.099 postos).

“Diferentemente do que predomina na série histórica do mês de maio (2010-2020), o resultado foi negativo e ficou muito abaixo do verificado no referido mês do ano imediatamente anterior, quando 2.540 postos de trabalho foram criados”, ressaltou a SEI, em nota. Em abri, 32.482 empregos formais foram fechados.

Deixe seu comentário
Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia