Bahia Farm Show caminha para recordes de público e faturamento

Próxima edição deverá ter mais área de exposição e estacionamentos

Principal feira agrícola do Norte e Nordeste encerra sua maior edição neste sábado (Divulgação/AIBA)

Mais de 55 mil pessoas já passaram pela Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, entre os dias 31 de maio e esta sexta-feira (dia 3) e até este sábado, quando o evento será encerrado, espera-se chegar a 70 mil visitantes. Os números já fazem da 16ª edição da feira agrícola a maior de todos os tempos. O evento realizado no Oeste da Bahia é o mais importante do agronegócio no Norte e Nordeste e uma das três maiores do país. 

“Nós quebramos o recorde de público e acredito que quebramos também o recorde de faturamento”, avalia o produtor rural Odacil Ranzi, presidente Bahia Farm Show e da Associação Baiana de Agricultores e Irrigantes (AIBA). O volume de negócios só poderá ser conhecido nos próximos dias pois os expositores ainda estão atualizando estes números e a feira prossegue neste sábado (dia 04). Na última edição, em 2019, foram registrados 1,9 bilhão em faturamento. 

Este ano, a área de exposição foi ampliada em 33%, para abrigar 370 expositores, conta Ranzi. Apesar disso, 74 ainda ficaram numa lista de espera. Quase 200 veículos de imprensa estaduais e nacionais solicitaram credenciamento este ano. “Nós lançamos a Bahia Farm Show em dezembro e tivemos mais de 6 milhões de visualizações. Ali, percebemos que teríamos a maior feira de todos os tempos”, conta. Segundo ele, foram construídas 14 ilhas de exposições e o número só não foi maior por falta de espaço útil. 

Com o desempenho deste ano, a organização da Bahia Farm já projeta uma nova ampliação para o próximo ano. Na edição atual, a área de estacionamento, por exemplo, já foi ampliada em 40 mil metros quadrados, mas Ranzil avisou que percebeu a necessidade de um espaço ainda maior, graças ao crescimento da feira. 

“Este crescimento é um termômetro importante para o agronegócio porque nós somos uma feira de negócios e quem vem aqui é um público bastante focado nisso. Preferimos ter 70 mil pessoas buscando melhorias para as suas fazendas a ter 300 mil em busca de entretenimento”, diz. 

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Júnior Marabá, destacou a importância econômica da feira para a cidade. Durante os dias do evento, os hotéis e restaurantes da cidade lotam, conta. “Luís Eduardo Magalhães cedia esta feira com muito orgulho e tem consciência da importância econômica que ela possui, não apenas para nós, mas para o agronegócio brasileiro. São negociações altíssimas e movimenta toda a nossa cidade”, explica. “A rede hoteleira, bares, restaurantes e a locação de automóveis, por exemplo, registram um aumento muito significativo antes mesmo da Bahia Farm Show se iniciar”, complementa. 

“Sem dúvidas, nós teremos uma movimentação financeira recorde na cidade”, projetou Marabá. 

Nos quatro primeiros dias de feira, estiveram no local também diversas lideranças políticas e representantes da agricultura nacional. 

Fonte: Correio da Bahia