NOVA BAHIA 2024

Apoio de Bolsonaro a Bruno Reis empurra Lula para o colo de Geraldo

A notícia de que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve gravar, nos próximos dias, um vídeo de apoio à reeleição do prefeito Bruno Reis (União Brasil), deve favorecer o pré-candidato Geraldo Júnior (MDB), que agora poderá terá o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) somente para si na campanha.

A expectativa é de que o movimento de Bolsonaro empurre Lula inteiramente para o colo de Geraldo, que terá o apoio do PT. A ideia é criar um cenário de acirramento com espelho na política nacional, hoje polarizada entre os dois líderes.

A presença de Bolsonaro na campanha de Bruno, ainda que sem recíproca, elimina todas as chances do prefeito ‘surfar’ na popularidade do atual presidente na capital, diferente de ACM Neto (União Brasil), que conseguiu atrair eleitores do líder petista, mesmo concorrendo com Jerônimo Rodrigues (PT).

No segundo de 2022, quando foi eleito para um terceiro mandato, Lula recebeu 1.089.899 votos na capital baiana, contra 451.131 votos de Bolsonaro, que vai apoiar Bruno Reis.

A gravação de um vídeo em apoio a Bruno Reis, como divulgado em primeira mão pelo Política ao Vivo, é uma estratégia de Bolsonaro para evitar uma rejeição do seu eleitor ‘raiz’ ao movimento do PL, que formará uma aliança com o prefeito de Salvador.

Já Geraldo deverá contar com o apoio de Lula e nomes de peso da política baiana, como os senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD) e o ministro da Casa Civil, Rui Costa.

Veja também

GOVERNO DA BAHIA