Agricultores familiares do Baixo Sul recebem kits produtivos

O Governo do Estado entregou, na última segunda-feira (09), no município de Ituberá, kits produtivos, contendo insumos e equipamentos, para agricultores e agricultoras familiares do território de identidade Baixo Sul. A ação é resultado de um convênio firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e o Consórcio Intermunicipal do Mosaico das Apas do Baixo Sul (Ciapra).

Os kits produtivos são compostos por itens como calcário, gesso agrícola, e mudas de cacau, selecionadas pela Biofábrica da Bahia. Está incluída também a análise de solo, para que o manejo seja adequado, resultando na qualificação da produção e aumento da produtividade. Essas iniciativas são continuidade de uma ação que vem sendo desenvolvida desde 2019 e está beneficiando 2.400 famílias de agricultores familiares de municípios do Baixo Sul que integram o Ciapra, no âmbito do projeto Cacau Mais.

O secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jeandro Ribeiro, destacou a importância da parceria da SDR com as prefeituras, consórcios públicos e outras diversas organizações. “É uma estratégia que passou a priorizar, nos últimos anos, a pauta da agricultura familiar nos municípios, e que por meio de ações como o Cacau Mais, vem gerando o desenvolvimento rural do estado, beneficiando não só as famílias diretamente atendidas, com garantia de renda e melhoria da qualidade de vida, mas também vem possibilitando que essa renda circule nos municípios, movimentando a economia local. Investindo na agricultura familiar, o Governo do Estado está investindo também no fortalecimento da economia dos municípios”.

No Baixo Sul, o Governo do Estado, via SDR, está investindo mais de R$ 73 milhões. Os recursos são aplicados em uma diversidade de sistemas produtivos. Só no município de Ituberá estão sendo investidos R$ 7,5 milhões, em nove associações e cooperativas da agricultura familiar.

Cacau Mais

O Cacau Mais inclui o suporte de assistência técnica e extensão rural (Ater), serviço prestado por meio de 40 técnicos das prefeituras que integram o Ciapra. A ação conta com a participação da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater/SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) e busca a renovação de áreas de cacaueiros em decadência produtiva, em propriedades da agricultura familiar, com a aplicação de novas técnicas de manejo, visando aumentar a produtividade média do cacau.

O presidente do Ciapra, Leonardo Cardoso (Léo de Neco), destacou a parceria  com a SDR. “Temos um apoio grande do Governo do Estado, que tem apostado e investido muito na assistência técnica para o homem do campo, principalmente, o pequeno produtor, da agricultura familiar. Com isso se construiu o projeto Cacau Mais, aqui da região, para melhorar a produtividade do cacau e sair de uma média de 30 arrobas para 80 arrobas por hectare, para melhorar a economia do homem do campo e, com certeza, deixar que o cacau, o ouro da região Baixo Sul, transforme-se na grande mola propulsora da região”.

Sistema produtivo do guaraná fortalecido

Ainda em Ituberá, foi assinado um convênio entre a SDR, por meio do projeto Bahia Produtiva, e a Central Mata Atlântica. O objetivo é implantar uma agroindústria de beneficiamento de guaraná, com previsão de beneficiar 80 toneladas de guaraná por safra. Também serão beneficiados outros produtos como cacau, cravo, cupuaçu e urucum. A iniciativa beneficiará diretamente 100 agricultores familiares e indiretamente mais de cinco mil famílias em todo o Baixo Sul.

“Para a gente é muito importante esse projeto, porque traz para nós o desenvolvimento para a agricultura familiar. Nós sabemos que o Baixo Sul é o maior produtor de guaraná do mundo e nós temos famílias produzindo, mas sem o processo de beneficiamento. A agroindústria tem essa responsabilidade de trazer o melhoramento da produção, com padrão e qualidade. Graças a Deus, o Governo do Estado abraçou essa cadeia produtiva, que fará toda a diferença no desenvolvimento da nossa agricultura e da nossa região do Baixo Sul”, enfantizou Antônia Germana, presidente da Central de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária – Central Mata Atlântica.

Mercado Municipal de Ituberá

A programação contou ainda com a visita técnica ao Mercado Municipal de Ituberá, que está sendo reformado e requalificado, para trazer mais conforto tanto para quem compra quanto para quem vende. O novo espaço deverá ser inaugurado até o próximo mês de julho.  Foram visitados também a sede da Associação Beneficente de Pesca e Agricultura de Ituberá (ABPAGI) e o local onde será implantado um galpão para o beneficiamento de produtos como a amêndoa do cacau, da Cooperativa dos Agricultores Familiares do Baixo Sul (Coopafbasul), ambas de Ituberá.

O evento contou com a participação de representantes da agricultura familiar de diversos municípios do território Baixo Sul, além de prefeitos, representantes de Prefeituras e secretarias municipais de Agricultura e das Câmaras de Vereadores de municípios do Baixo Sul.

Bahia Produtiva

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial.

Fonte: SDR / CAR