CAMPANHA COMBATE AO MOSQUITO EDES AEGYPTI

ACM Neto denuncia farsa montada por Geraldo Júnior e Marta Rodrigues na Câmara Municipal de Salvador

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) denunciou a farsa montada na Câmara Municipal de Salvador para persegui-lo durante a corrida eleitoral deste ano. Para Neto, a tentativa de criar fato político em torno de suas contas, todas aprovadas pelo TCM, não passa de um ato desesperado e baixo.

O ex-prefeito de Salvador atribui a ofensiva ao presidente da Câmara, Geraldo Júnior (MDB), que é pré-candidato a vice-governador na chapa do PT, e à vereadora Marta Rodrigues (PT), irmã de Jerônimo Rodrigues, postulante ao governo pelo PT. “Eles estão vendo que serão derrotados na eleição e estão utilizando a Câmara para criar factóides e atacar os adversários”, criticou.

Neto lembra que suas contas sempre foram aprovadas pelo TCM e, inclusive, pela própria Câmara Municipal, que já apreciou e aprovou quatro pareceres relativos a exercícios financeiros de sua gestão na capital baiana. “Ao invés de encarar a competição de forma democrática e saudável, Geraldo e Marta apelam para atitudes antidemocráticas e utilizam a Câmara para fins eleitoreiros e tão rasteiros”, afirmou.

Para Neto, o uso do Poder Legislativo para persegui-lo é uma prática de quem não tem nenhum apreço pelos princípios democráticos e republicanos do jogo eleitoral. “Agora, nada disso é mais forte do que a vontade do povo. O desespero deles é exatamente esse, porque estão vendo por toda a Bahia o desejo de mudança. Como não conseguem competir de forma honrosa e respeitável, apelam para o que há de pior na política. Mas o povo está vendo e dará a eles a resposta nas urnas”, frisou.

O ex-prefeito afirmou que o jornal A Tarde – hoje controlado por um conhecido grupo empresarial – também participa dessa ofensiva. Desde o começo da atual disputa eleitoral, A Tarde tem atacado incessantemente o pré-candidato do União Brasil, publicando mentiras e ataques pessoais.

Fonte: Assessoria de comunicação / ACM Neto