GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

UFC: Italiano diz que ‘acabará’ com Borrachinha e detona brasileiro: ‘Superestimado e descompromissado’

Getty

O peso médio do UFC vive, atualmente, uma grande rivalidade entre Paulo Borrachinha e o italiano Marvin Vettori. E ela ganhou um novo capítulo com o europeu prometendo “acabar” com o brasileiro no duelo entre eles, marcado para 23 de outubro.

Vettori, que já havia provocado Borrachinha após ser derrotado por Israel Adesanya na disputa do cinturão em junho, voltou a detonar o brasileiro, garantiu uma vitória “no segundo ou terceiro round” e chamou o lutador de “superestimado e descompromissado”.

“Se eu lutar com ele – e assim espero -, eu acabo com ele. Na minha opinião, eu venço no segundo ou terceiro round”, disse Vettori em entrevista à Betway, antes de acrescentar que Borrachinha, para ele, sequer figura entre os 5 melhores lutadores da categoria peso médio do UFC.

“Acho que o Borrachinha, como venho dizendo há anos, é superestimado e, na minha opinião, nem chega ao top-5. O que já se sabe sobre mim é que, como eu disse antes, quando me dão uma data, eu compareço. Ele [Borrachinha] não pode dizer o mesmo. Inclusive, ele tinha que lutar com o Cannonier, mas não sei o que aconteceu”, atacou.

O brasileiro tinha uma luta marcada contra Jared Cannonier para 21 de agosto, mas acabou desistindo após alegar que não havia assinado o contrato. Desde então, Borrachinha vive em rota de colisão com Dana White e o UFC em busca de “mais valorização financeira” em suas lutas.

Não é a primeira vez que Vettori aproveita uma entrevista para provocar Paulo. Ainda no octogóno após a derrota para Adesanya no UFC 263, o italiano “jurou” o brasileiro.

“Para ser honesto, eu gostaria de destruir aquele bêbado que não consegue sequer ficar longe da bebida”, provocou, se referindo ao episódio que Borrachinha haveria “bebido uma garrafa de vinho antes da luta pelo cinturão”.

Fonte: ESpn

Programa Estado Solidário