CARNAVAL 2024

Terminal baiano atinge novo recorde de produtividade

Novo recorde ocorreu no cais Santa Dulce dos Pobres; foram movimentados 118,5 contêineres por hora

Foto: Assessoria/ Wilson Sons

Novo recorde de eficiência operacional foi alcançado pelo terminal de contêineres do Porto de Salvador, o Tecon Salvador, com a movimentação de 118,5 contêineres por hora, com descarga e embarque no navio Bartolomeu Dias 344N, realizada este mês. No total, foram 746 contêineres movimentados em 6 horas e 40 minutos. O último marco ocorreu em janeiro deste ano, com 110 movimentos por hora (mph) e 517 contêineres em 4 horas e 55 minutos.

Unidade de negócios da Wilson Sons, que investiu recentemente na duplicação do cais principal e na ampliação da retroárea para o recebimento de cargas, o terminal baiano tem elevado também a sua produtividade mensal a partir desta expansão, que contou, ainda, com a chegada de novos equipamentos, conforme explica o diretor executivo do Tecon Salvador, Demir Lourenço.

“Os sucessivos aumentos no desempenho operacional pelos quais o Tecon Salvador vem passando têm acontecido devido a investimentos em infraestrutura. Para além deste novo marco, o segundo alcançado este ano, a produtividade média realizada mês a mês tem crescido. Fizemos 76,6 mph em fevereiro, 80,6 em outubro e, também este mês, fizemos 113,85 (operação em um único navio). É um ganho importante para toda a cadeia de comércio exterior e de cabotagem, visto que a nossa alta performance na carga e descarga dos navios, que representa competitividade do Porto, gera economia para os donos dos navios (armadores) e contribui para atrair um número maior de escalas, favorecendo os negócios” detalha Lourenço.

Incremento operacional – O novo cais, Santa Dulce dos Pobres, homologado pela Marinha do Brasil no final do ano passado, e onde ocorreram os desempenhos supracitados, tem realizado atendimento com quatro Super Post-Panamax do tipo STS (ship-to-shore), os mais modernos no mundo, com lança de 66 metros e capacidade de içamento a 51 metros, viabilizando erguer até 80 toneladas por vez. O Tecon Salvador dispõe de tecnologias que oferecem agilidade e transparência em todos os processos operacionais, incluindo o gerenciamento de cargas no pátio e nos navios. Por meio do software de gestão Navis N4, líder no mercado mundial e utilizado nos terminais das Américas, Ásia e Europa, é possível obter maior acessibilidade de informações a todos que usam o terminal, sendo responsável, também, pela celeridade no recebimento dos caminhões, que levam aproximadamente 26 minutos para acessar e sair do terminal. A nova fase do terminal baiano, pós-expansão, incluiu, ainda, mais de 7.200 horas de capacitação dos colaboradores, a promoção de mais de 30 profissionais por meio de um programa interno de valorização das equipes, além da contratação de 100 novos profissionais, iniciativas que reforçam o compromisso da companhia em promover a melhoria constante da eficiência operacional, com o objetivo de elevar a competitividade do Tecon Salvador enquanto solução logística que conecta o Brasil ao mundo.

CARNAVAL 2024

Veja também

NOVA BAHIA