Taila Santos contesta derrota para Valentina no UFC 275: “Três rounds foram meus”

Louis Grasse/PxImages

Taila Santos quase chocou o mundo no UFC 275. No evento realizado no último sábado (11), em Cingapura, a brasileira enfrentou Valentina Shevchenko e, mesmo considerada como zebra pelas casas de apostas para o duelo, ignorou tal status e surpreendeu no octógono. A catarinense deu uma verdadeira luta para a campeã do peso-mosca (57 kg) e perdeu apenas na decisão dividida. Inclusive, a atleta não concordou com o resultado.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Taila aprovou seu desempenho contra Valentina e contestou a derrota no UFC 275. A brasileira apontou que, em seu entendimento, foi superior em três dos cinco rounds disputados e, dessa forma, deveria ter saído do octógono com o triunfo e, consequentemente, como campeã do peso-mosca da companhia. Vale destacar que não foi apenas a catarinense que estranhou o resultado.

Uma parcela dos fãs e Daniel Cormier deram a vitória para a desafiante ao título do peso-mosca do UFC. Taila chegou desacreditada por parte da comunidade do MMA para a luta contra Valentina, mas apostou no grappling e teve sucesso no octógono. Contudo, uma cabeçada involuntária da campeã na adversária mudou o rumo do combate. Mesmo derrotada de forma polêmica, a brasileira garante que segue motivada e promete disputar o cinturão da categoria novamente em breve.

“Acho que ganhei até o terceiro round, quando meu olho ainda estava bom. Ainda consegui derrubá-la no quarto. Acabei sendo derrubada no último round, mas a derrubei em quatro rounds. Acho que os primeiros três rounds foram meus. Ainda não sentei para analisar a luta, tenho que assistir novamente. Consegui derrubá-la no quarto também e controlar um pouco, mas ela se levantou rapidamente. Estava esperando Bruce Buffer anunciar meu nome. No fundo do meu coração, esperava ouvir, mas esse não foi o nome que ele disse. Mas mantive minha cabeça erguida. Não vou dizer que deveria ter vencido, senão o cinturão estaria aqui comigo. O que importa é que estou feliz com meu desempenho. Vou melhorar, treinar mais e tenho certeza que essa não será minha única oportunidade de disputar o cinturão. Sou jovem e tenho certeza que mostrarei muito mais”, declarou a lutadora.

No UFC 275, Taila Santos conheceu sua segunda derrota na organização e assim viu chegar ao fim sua sequência de quatro vitórias no peso-mosca. Contudo, a brasileira se tornou a única atleta da categoria que disputou uma luta equilibrada contra a campeã Valentina Shevchenko. Mesmo com o revés, a catarinense subiu duas posições no ranking da divisão e, assim, virou a número dois na tabela de classificação.

Fonte: Ag Fight