UFC 213

Sport bate o Bahia, se isola na sexta posição e amplia jejum do rival

Com o bom resultado, o time pernambucano ficou isolado na sexta posição, com 27 pontos, contra 19 do Bahia, que é o 14º da tabela e não vence em casa há cinco jogos.

O Sport se recuperou da derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, sofrida na rodada anterior, da Ilha do Retiro, ao vencer o Bahia por de 3 a 1, neste domingo, na Fonte Nova, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o bom resultado, o time pernambucano ficou isolado na sexta posição, com 27 pontos, contra 19 do Bahia, que é o 14º da tabela e não vence em casa há cinco jogos.

Mesmo sem seus principais jogadores, entre eles, Diego Souza e André, o Sport foi mais perigoso no primeiro tempo e não demorou para abrir o marcador. Mendonza tentou sair jogando com um toque de calcanhar e entregou a bola de bandeja para Rodrigo, que acionou Lenis pela direita. O atacante avançou e rolou para Everton Felipe estufar as redes aos 18 minutos.

O time baiano continuou cometendo erros infantis e, apesar de ter a posse de bola, não conseguia criar e sofria uma certa pressão do Sport. Aos 26 minutos, Lenis apareceu pela direita e exigiu boa defesa do goleiro Jean, que viu, na sequência, o arremate de Juninho de fora da área sair pela linha de fundo. O Bahia só foi chegar com perigo no último minuto, em uma bicicleta de Renê Júnior, que foi fraca e acabou mãos de Magrão.

No segundo tempo, o Bahia resolveu jogar, deixou o jogo aberto e com muito mais emoção. Logo aos 11 minutos, Régis cruzou para Zé Rafael soltar o pé. Magrão fez um milagre. A resposta veio no lance seguinte. Everton Felipe fez o pivô, saiu de cara para o gol, mas parou em mais uma grande defesa de Jean.

Só que aos 13 minutos, o gol saiu. Matheus Sales cruzou para Rodrigão, que só teve o trabalho de desviar para o fundo das redes. Tudo igual. A festa não durou muito. Aos 20 minutos, após cobrança de escanteio, Lenis limpou a marcação e chutou cruzado para Ronaldo Alves completar na pequena área.

O Sport cresceu e foi com tudo para cima do Bahia. Everton Felipe cruzou para Índio, Renê Junior se antecipou e quase jogou contra o próprio gol. Já aos 46, Everton Felipe, em contra-ataque, rolou para Lenis dar números finais ao confronto.

Na próxima rodada, o Bahia visita a Chapecoense na quarta-feira, às 19h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC). No mesmo dia e horário, o Sport recebe o Fluminense na Ilha do Retiro, em Recife (PE).

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 3 SPORT

BAHIA – Jean; Régis Souza (Juninho), Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Renê Júnior, Régis (Vinícius) e Zé Rafael; Mendoza (Gustavo Ferrareis) e Rodrigão. Técnico: Jorginho.

SPORT – Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Oswaldo Henríquez e Mena; Patrick, Rodrigo (Fabrício), Thomás (Sander) e Everton Felipe; Juninho (Índio) e Lenis. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS – Everton Felipe, aos 18 minutos do primeiro tempo. Rodrigão, aos 13, Ronaldo Alves, aos 20, e Lenis, aos 46 do segundo.

ÁRBITRO – Elmo Alves Resende Cunha (GO).

CARTÕES AMARELOS – Vinícius (Bahia); Juninho, Ronaldo Alves, Oswaldo Henríquez, Lenis Patrick e Thomás (Sport).

RENDA – R$ 400.285,50.

PÚBLICO – 18.335 torcedores.

LOCAL – Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Veja também